Siga-nos

Perfil

Expresso

A Caixa de pão duro

  • 333

Vou repetir-me. Não era preciso esperar quatro anos para criticar os resultados da gestão da Caixa. Não era preciso esperar sequer quatro horas. Aquela equipa anunciada em julho de 2011 por este Governo era suficientemente má para antever o que aconteceria. Faltava experiência de banca comercial na equipa e, sobretudo, aquele era um conjunto de escolhas sem pés nem cabeça. Escrevi-o no próprio dia. “A administração da Caixa é uma combinação, explosiva e imprudente, de cabeças de cartaz.”

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI