Siga-nos

Perfil

Expresso

Dez mil milhões privatizados

  • 333

O Governo nunca quis Gérman Efromovich, porque deixou de confiar nele quando, em 2012, saiu de pista na última curva. O Governo precisou, isso sim, de Efromovich para ter mais do que um candidato e pressionar uma negociação. Quando, a meio de maio, apareceram duas propostas, no Governo brincaram dizendo que era um milagre de Fátima. Quando esta semana fecharam a privatização com David Neeleman, disseram que era um milagre de Santo António. Se o Governo fosse uma empresa, Sérgio Monteiro ganhava o prémio de vendedor do mês. Outra vez.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI