Siga-nos

Perfil

Expresso

O homem que comeu o “Guia Michelin”

Há dias apareceu, algures, a notícia de que um chefe teria pedido ao “Guia Michelin” que não voltasse a dar-lhe as famigeradas estrelas (ou as retirasse), e já estamos (alguns de nós) tão solidários com o sofrimento dessa classe profissional, tão dada a esgotamentos e suicídios por causa do gordo do boneco de pneus brancos da Michelin, que nos limitámos a expressar um “coitado, eu até compreendo”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)