Siga-nos

Perfil

Expresso

Mick Pence e licra

Eis o problema: querem colocar tudo preto e branco quando a análise das questões não resiste a esta grelha tão básica e tuiteira. Repare-se: duas adolescentes são barradas pela United Airlines de embarcar, num voo doméstico nos EUA, por usarem leggings — aquelas calças de licra desportivas. Basta um tuíte de um passageiro que viu a cena e o que acontece? Vira escândalo planetário. A United Airlines tinha cometido uma ignomínia contra as mulheres-adolescentes, um ato de moralismo repugnante, ao sexualizar as miúdas. Sinais da América de Trump. Parece que não foi bem o caso. Mas, mesmo que tivesse sido, é aterrador que certos episódios que antes iriam para o livro de reclamações — mal-entendidos, erros, asneiras do quotidiano, pequenas burrices — ganhem agora vida desta forma e possam ter consequências incalculáveis para quem as comete. Afinal, todos estamos à beira de fazer asneira (Nota: este texto tem a ver com as fantasias sexuais do vice norte-americano, Mike Pence).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)