Siga-nos

Perfil

Expresso

Por uma teoria da pic-pila

A fazer fé em alguma documentação esparsa produzida sobre a temática, a pic-pila (dick-pic, a selfie tirada à genitália masculina) é hoje um gendre estético e cultural de tal forma marcante que se arrisca a ser o barroco ou o Stonehenge da nossa era. As imagens que os homens tiram e enviam via smartphone das suas partes são tantas e tão grotescas, e simultaneamente tão perturbadoras e aborrecidas, que do mundo científico há apelos a que se estude o fenómeno com a profundidade que merece. Abordarei, contudo, o assunto com pinças.tanto nos EUA como na Grã-Bretanha já rolaram cabeças de políticos por causa de pic-pilas.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)