Siga-nos

Perfil

Expresso

É o perfume um amuleto?

  • 333

Por não causar cancro como o tabaco e outras maleitas como o álcool, a publicidade aos perfumes masculinos tem passado incólume à brigada dos bons costumes e do politicamente correto. Por compensação, isso de pôr perfuminho faz com que a essência da estética dos anúncios não mude desde que o Roger Moore era considerado o melhor 007. E é tudo à “antiga”. Uma sprayzada e o mulherio fica derretido, calado, dengoso e agarra-se à perna do fulano, submisso e com um olhar meio drogado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)