Siga-nos

Perfil

Expresso

João Duque

Um por todos?

Se a dívida europeia não for garantida diretamente por impostos dos cidadãos europeus, ninguém dará credibilidade aos eurobonds.

João Duque (www.expresso.pt)

Todos conhecemos o velho lema cavalheiresco e romântico dos Mosqueteiros: um por todos e todos por um! Pergunto, será que os habitantes e os políticos da União Europeia (UE) se sentem assim vinculados da mesma maneira? Com a crise económica e com a resposta imediata dos Estados da União evidenciaram-se fragilidades das economias dos que, estando já sobre-endividados e com baixas taxas de crescimento, caíram aos pés dos credores internacionais. A resposta começou por ser a de recorrer ao FMI e aos fundos europeus de resgate a esses Estados.

Escolha uma das opções para ler o artigo inteiro