Siga-nos

Perfil

Expresso

A ‘geringonça’ dos juros

Taxas de juro negativas são estranhas como o são as coisas no país da Alice, embora não sejam uma maravilha. Com elas o mercado financeiro fica estranho e anti-intuitivo. Num regime de taxas de juro negativas os depositantes pagam juros, isto é, estão dispostos a levantar menos dinheiro no vencimento do que depositaram. E os devedores que se endividaram junto ao banco recebem juros, isto é, saldam a dívida entregando menos do que levantaram.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)