Siga-nos

Perfil

Expresso

Mau hálito

  • 333

Florence Foster Jenkins (retratada num filme em exibição onde Meryl Streep lhe dá vida) foi uma mulher incomum na determinação, no arrojo e no gosto pela música. Porém, os seus dotes para o canto eram medíocres. Mas foi precisamente o canto que escolheu como a forma artística levando ao limite a inimaginável carreira de cantora lírica. Tudo porque todos os que a rodeavam e adulavam lhe mentiam grosseiramente sobre as suas qualidades vocais, na esperança de uma retribuição.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)