Siga-nos

Perfil

Expresso

Confusões e Provisões

  • 333

Sai uma correção ao défice de 2014 por causa do financiamento público ao Fundo de Reestruturação para acudir ao Novo Banco, e sucede-se mais uma onda de trapalhadas e barafundas que mete dó. É suposto que políticos percebam o que está em causa e saibam descodificar e educar os que neles acreditam. Mas nada disso se vê… À vez, cada um aproveita-se da mesma informação para, manipulando-a, dela extorquir o que mais se deseja. E sorrio ao pensar como tudo seria bem mais claro se, na contabilidade pública, se usassem os recentes princípios enunciados por Luca Pacioli há 521 anos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI