Siga-nos

Perfil

Expresso

A colina

Há onze anos cronológicos e talvez há dois séculos mentais, vivi meio ano numa base americana na Alemanha. Durante esta temporada, descobri com espanto uma marca da cultura americana: eles recusavam-se a sair da base e da estância turística que recriava a América profunda. Estávamos rodeados por uma das paisagens naturais mais belas do mundo (Alpes), estávamos numa terra com dezenas de hotéis, estávamos rodeados por uma cultura rica, mas os americanos juntavam-se numa espécie de hotel que nos teleportava para o Ohio ou o Nevada. Não tinham qualquer curiosidade pelos alemães ou pela cultura alemã, não queriam descobri-la.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)