Siga-nos

Perfil

Expresso

E filhos?

Confesso que estou no purgatório por causa da ira que sinto pelas pessoas que se recusam a ter filhos. Não falo das pessoas que não podem ter filhos por razões biológicas ou financeiras; estou a falar de pessoas que não querem ter o primeiro ou o segundo apesar de ostentarem bolsas confortáveis e biologias operacionais. É difícil filtrar esta raiva. À semelhança de todos os casais com pelo menos dois filhos, eu e a minha mulher sentimo-nos sozinhos, quase abandonados pelo Estado e pelo ar do tempo. Estamos a carregar sozinhos uma responsabilidade que devia ser de todos. Sim, de todos. Ter filhos não pode ser uma imposição legal, mas deve ser uma imposição moral.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)