Siga-nos

Perfil

Expresso

Renato

  • 333

Chamemos-lhe Esteves. Era um dos rufias lá da rua, gajo porreiro mas muito dado à magia da maconha. Se não estivesse a fumar charros, o Esteves não estava bem. Quando a lei da oferta e da procura esgotava o stock de haxixe lá do bairro, ele corria meia Lisboa à procura do vício. Certa noite, já depois da bica, apareceu no poiso habitual e convocou-me para um safari urbano, “tenho de ir a um sítio”. O sítio era a Musgueira.

para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)