Siga-nos

Perfil

Expresso

Respeitar Cavaco

  • 333

Enquanto a corte de Lisboa continua a patética coroação de Marcelo, the first, convém recordar o papel de Cavaco. Nunca fui cavaquista. Há ali uma frieza aritmética que não agrada ao meu palato mais propenso a vulcanidades sá-carneiristas. Aliás, o cavaquismo congelou durante décadas a emancipação da direita. Mas isto não me impede de sublinhar o papel notável de Cavaco. Em primeiro lugar, a sua mera presença revelou um abjeto snobismo das elites de Lisboa, quer de esquerda quer de direita; passados trinta anos, muita gente ainda não ultrapassou Boliqueime.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI