Siga-nos

Perfil

Expresso

35 horas à volta do mundo

Acreditemos num mundo em que se pode escrever um texto em que não se é insultado à segunda frase: não há razão para os funcionários públicos trabalharem menos horas do que os trabalhadores da iniciativa privada. Nesse mundo, um texto é lido até ao fim. E, no fim, pode ser-se insultado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido