Siga-nos

Perfil

Expresso

Opinião

Sérgio Sousa Pinto

Uma reserva inesgotável

Esperava o inevitável pelo que tive muito tempo para me preparar para ele. Dei por mim inúmeras vezes, involuntariamente, a organizar mentalmente as palavras devidas, as palavras necessárias, as palavras justas. Nunca o exercício resultou perto de satisfatório. Resignei-me a calar o que não me senti competente para dizer. Confortei-me na certeza de que amigos comuns, de Mário Soares e meus, estariam disso à altura mais do que eu, porque dispunham de maiores reservas de talento. Instado pelo Pedro Santos Guerreiro e pela Helena Pereira a tentar o impossível, cedi a este modesto depoimento. Ficará muito aquém. Temo falhar a homenagem imensa que desejaria prestar ao dr. Mário Soares, como sempre o tratei, e profanar desnecessariamente as recordações preciosas que guardo comigo do mais extraordinário homem com quem me cruzei, e de quem fui — digo-o com inexcedível honra e gratidão — íntimo amigo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)