Siga-nos

Perfil

Expresso

Opinião

Clara Ferreira Alves

Clara Ferreira Alves

Escritora e Jornalista

O momento Prudêncio

  • 333

Todos temos na vida um momento Prudêncio. O momento Prudêncio chega quando um desclassificado diz que não só é melhor do que nós como quer classificar-se no nosso lugar. Isto significa que estamos arrumados. Ou quase. O PS e António Costa estão no seu momento Prudêncio. Um desconhecido no qual nunca reparei, na minha profunda ignorância dos interstícios e bainhas da política nacional, candidata-se à chefia do PS no congresso. Rui Prudêncio quer associar o nome aos altos destinos da pátria e está no seu direito. Há também outro candidato que, mais modestamente, diz que se não houver ninguém melhor ele concorre. Gosto da fórmula “se não houver ninguém melhor”. Eis o momento Prudêncio em toda a sua Beleza. O PS está moribundo e os abutres pousam no telhado. Se houvesse comédia em Portugal este seria um momento sublime. Só nos pende para a tragédia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI