Siga-nos

Perfil

Expresso

O grande desapontamento

  • 333

Fez no mês passado 70 anos que os britânicos deram ao Labour, bem mais socialista do que o atual e que até então nunca fora o partido mais votado, uma vitória esmagadora, afastando Churchill do poder. A proposta era simples: se todas as energias e recursos de um país puderam ser mobilizados para vencer uma guerra, seria possível fazer o mesmo para garantir educação, saúde, habitação e emprego a todos. Contrariando a profecias de Hayek, que tão ferozmente se opôs ao programa trabalhista, o reforço do papel económico e social do Estado foi, nas décadas seguintes, o sustentáculo das democracias na Europa. Dirão que as condições eram muito diferentes. Em algumas coisas eram piores: a dívida pública, indicador que tem sido usado para justificar tantos cortes, era, no Reino Unido de 45, superior a 200% do PIB.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI