Siga-nos

Perfil

Expresso

Opinião

Miguel Cadete

Miguel Cadete

Diretor-Adjunto

Proença, o novo ou velho?

  • 333

Pedro Proença, 44 anos, foi ontem eleito Presidente da Liga de Clubes. O antigo árbitro, que contava com o apoio de Joaquim Oliveira, do Sporting e do FC Porto, chega a um dos mais importantes cargos do futebol português com um percurso intocável. Ele foi o árbitro com melhor e maior currículo entre todos os portugueses, o que lhe garante equidistância. Proença, não se cansam de dizer as notícias, é também um gestor de êxito: as suas duas empresas descobriram o rumo do sucesso num país em crise. E por aí é um garante da capacidade de gestão senão mesmo de liderança. Proença, acrescentam ainda as notas que se seguiram à sua eleição, é também administrador de insolvências, apoiando assim as decisões de magistrados em comarcas espalhadas um pouco por todo o país. Proença é um pedrada no charco; uma rabanada de ar fresco, sinal dos ventos da modernidade que finalmente sopram. Uma inovação que levará o futebol em Portugal rumo ao futuro. Certo?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI