Siga-nos

Perfil

Expresso

Seis candidatos à procura de um Verão

  • 333

No actual sistema constitucional português o que sobretudo se espera de um Presidente da República é que ele não atrapalhe, que não se torne uma fonte de conflitos ou de crispação ao assumir um protagonismo que a Constituição não lhe reserva. No mais, poderá ser um factor de referência, pelo exemplo e pela postura imparcial face à luta político-partidária. Um elemento de unidade que una os portugueses cá dentro e os represente com dignidade lá fora.

Para continuar a ler o artigo, clique aqui.