Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Rui Rio daqui a dois anos? Vá para a sala de espera do diabo

    Daniel Oliveira

    O discurso baseado na ideia de “libertar o governo das garras da extrema-esquerda” dirige-se aos convertidos e os apelos ao bloco central não têm qualquer futuro. Rui Rio precisa de seis anos para ser melhor cavaquista do que Cavaco e chegar ao poder. A questão é se resiste a tão longa travessia do deserto. Se é para daqui a dois, apenas mudou o turno dos que fazem política na sala de espera do diabo

  • Será que o diabo quer esta alma?

    Henrique Monteiro

    Uma visão infernal da semana, que passa por Rio (e o Rio Letes, ou esquecimento, oposto da verdade, era um dos que banhava o Inferno), aborda a desgraça em Tondela, critica o novo puritanismo, reflete as questões da Supernanny, repudia as ordinarices de Trump, fica perplexa com asneiras do futebol e ainda oferece recomendações de livros, nomeadamente de Oscar Wilde, de visita ao Museu Nacional de Arte Antiga, recorda que há bilhetes para os U2, repudia adulterações de óperas e evoca a memória de Madalena Iglésias. E não é um retrato da semana – é uma fotografia de como o autor vê os dias que passam. Para ler devagar

  • As crianças não precisam de Cesar Millan

    Daniel Oliveira

    É precisa uma aldeia para educar um filho, diz-se e é verdade. Mas não é precisa uma audiência. Um psicólogo pode ser muito útil para ajudar a resolver problemas, mas não o faz à frente de um milhão de mirones. Uma criança numa fase problemática não é como um cão mal treinado e não precisa de um Cesar Millan com pinta de “dominatrix” que mostre as suas milagrosas proezas pedagógicas em duas ou três sessões televisivas