23 de abril de 2014 às 23:57
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Obra atribuída a anónimo é, afinal, um Van Gogh

Obra atribuída a anónimo é, afinal, um Van Gogh

Um quadro na posse de um museu holandês, desde 1974, e atribuído a um autor desconhecido é, afinal , um original de Vincent Van Gogh.
Mafalda Ganhão (www.expresso.pt)com AP
Imagem da obra de Van Gogh, a partir de hoje exposta no museu Kröller Müller, na Holanda AP Imagem da obra de Van Gogh, a partir de hoje exposta no museu Kröller Müller, na Holanda

Após décadas de incerteza, sabe-se agora que o quadro "Natureza morta com flores do prado e rosas" foi mesmo pintado por Vincent Van Gogh.

Segundo um comunicado do Museu Kröller Müller , proprietário da obra desde 1974, já se tinha suspeitado que o quadro pudesse ter sido executado pelo mestre impressionista, mas as suas grandes dimensões (um metro por 90 centímetros) e o local onde aparecia a assinatura fizeram questionar a sua autoria, acabando por ser atribuído a um pintor anónimo.

A verdade acabou por ser revelada depois de efetuado um rigoroso exame com recurso a raios X, tendo também sido descoberto, sob o motivo floral e invisível a olho nu, uma outra pintura, com os corpos de dois lutadores.

A verdade é que, numa carta enviada em 1886 ao irmão Theo, Van Gogh dizia ter pintado esses lutadores durante um curso na academia de arte de Amberes, o que explica as grandes dimensões do quadro, que correspondem à medida standard para os estudos de figuras dessa escola, explica o museu.

Confirmada a sua autoria, a obra estará a partir de hoje exposta no Museu Kröller Müller, em Arnhem, na Holanda.

Comentários 0 Comentar
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub