23 de abril de 2014 às 23:57
Página Inicial  ⁄  Multimédia  ⁄  Infografia  ⁄  O silêncio como colega de trabalho
Reportagem

O silêncio como colega de trabalho

Há mais profissões solitárias do que possa pensar à partida e poucas vezes nos lembramos disso. O Expresso foi conhecer como é a vida de três homens que trabalham todos os dias lado a lado com o silêncio.

Faroleiro, gruísta e guarda presidencial contam como convivem com a companhia do silêncio






Comentários 4 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
O que sofremos para ganhar a vida.
É um bom ponto de vista.

Realmente só estávamos habituados a 'ver' o ruído no trabalho, como um factor negativo e até neurológico, mas o silêncio também pode causar traumas.

Como diz o outro, trabalhamos como escravos para ter dinheiro para comprar medicamentos que curem as doenças que a profissão provoca.
Atravez do silêncio e do mêdo os ultra liberais no
poder utilizam o código do trabalho para ilhar o Estado e extorquir as populações pondo em causa a frágil Democracia neste País.......
O silêncio das palavras!
Que assunto mais interessante e de facto tem muito que se lhe diga...
O silêncio às vezes incomoda, mas é o tempo de adaptação às coisas..O silêncio é tão bom quando os pensamentos gritam todos ao mesmo tempo...
Silêncio e tempo. Os remédios homeopáticos mais poderosos...Aprendemos a respirar na fumaça, ver no breu e ouvir no silêncio porque o silêncio é bom conselheiro ... Mas como em tudo há um quê! e um porquê? por mais adaptação ao meio ... existem sempre os pós e contras do silêncio a mais ... este provoca muitas vezes mais ruído do que o ruído em si ...

O Homem como ser sociável que é tem de aprender a lidar com os pós e contras das profissões ... todas elas dignas no entanto algumas marcam mais que outras pela exigência ...
Uma questão de Equilíbrio!

Quem cala ... Consente !
Para quê ser revoltado ?
Só se fôr para continuar no desemprego ...
Comentários 4 Comentar
Pub