92
Anterior
Certidão de óbito da TSU assinada em Belém
Seguinte
BE desafia oposição a apresentar moção de censura
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Mais austeridade  >   O recuo de Passos visto de fora

O recuo de Passos visto de fora

A imprensa internacional está a prestar atenção à evolução da situação política e orçamental portuguesa. O volte-face do Governo português é sublinhado em todas as notícias.
Vítor Gaspar, Passos Coelho e Paulo Portas vão substituir a subida da TSU por outras medidas
Vítor Gaspar, Passos Coelho e Paulo Portas vão substituir a subida da TSU por outras medidas /  Tiago Petinga/Lusa
Site do El País destaca a crise portuguesa

O "El País" faz manchete no seu site com o título "Portugal cede à pressão social e reconsidera a subida de impostos". O tema é desenvolvido em vários artigos, incluindo os protesto que ontem tiveram lugar em frente ao Palácio de Belém. O diário espanhol sublinha a importância das manifestações que têm vindo a ocorrer desde há cerca de uma semana e que tiveram o seu epílogo ontem com o comunicado do Conselho de Estado e a manifesta abertura do Governo em rever medidas apresentadas como a da TSU.

A BBC também já noticiou estas alterações de planos, frisando que "o governo de centro-direita concordou em procurar alternativas à subida das taxas da contribuição para a segurança social, depois de uma semana de protestos anti-austeridade". Os incidentes que ontem tiveram lugar frente à Casa Oficial da Presidência da República são citados, assim como o facto de a troika já ter dado mais um ano para o cumprimento das metas do défice.

Já a agência noticiosa Reuters está a seguir o assunto
a par e passo, noticiando a continuação da discussão sobre a TSU até à próxima semana, o recrudescer dos protestos e as declarações do PR relativamente ao fim da crise política instalada entre os membros da coligação governamental. O volte-face da posição do governo tem lugar de destaque.

Muitos órgãos de comunicação internacionais estão a  dar eco das mais recentes notícias, utilizando os serviços das agências noticiosas, como é o caso do Chicago Tribune, sendo o tema igualmente acompanhado pela UPI . A France 24 , a AFP e a Euro News também têm seguido atentamente os acontecimentos.


Opinião


Multimédia

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Costeletas de borrego com migas de castanhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.


Comentários 92 Comentar
ordenar por:
mais votados
Ainda ninguém me disse quanto eu devo!!!!
... O Governo ainda não fez dirigir uma carta ao comum dos Portugueses informando-o do montante da divida que lhe cabe na divida de Portugal.
Ninguém ainda me informou qual é a minha dívida.
Eu até aceitava que essa divida fosse comunicada de forma ponderada de acordo com o nível de vida de cada um.
Mas ninguém nada me disse.
O Governo diz aos quatro ventos que temos uma grande divida, o que não duvido, e como tal atira-se desalmadamente para um colecta à farwest. Quem ainda tiver algum que tilinte é assaltado, quem já chegou ao limite é espremido porque o Governo acha que na pele e nos ossos ainda poderá haver algum sumo.
O Governo até já legislou como os Bancos deverão receber os despojos de quem já atingiu e foi para além do limite.
Estamos neste estado... O Governo Português obriga cada cidadão que esteja estático e de braços abertos para melhor mexer nos bolsos, principalmente aos Portugueses que vivem do seu trabalho.
Q Governo Português sente uma atracção pelos bolsos do cidadão, de quem trabalha, toda e qualquer dificuldade nas contas públicas ele, sem pedir licença, mergulha nos bolsos de cada um de nós para resolver o problema e fá-lo com teorias ciêntificas adquiridas por equivalências e com autoridade californiana.
É o Governo que temos, o tal Governo cujos partidos que o compõe diziam que iam resolver a crise indo às gorduras do Estado e não aos impostos.
É o tal Governo que dizia, e todos esperavam, que ia fazer reformas...
Pois...
Re: Ainda ninguém me disse quanto eu devo!!!!
Re: Ainda ninguém me disse quanto eu devo!!!!
Re: Ainda ninguém me disse quanto eu devo!!!!
O recuo de Passos visto de fora
"Afinal o homem acagaça-se todo quando os esqueletos são grandes!"
Re: O recuo de Passos visto de fora
O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
Re: O recuo de Passos visto de fora
O recuo de passos visto de fora
Recuo de Passos visto de fora
À medida apresentada pelo Governo de aumento da TSU, e equivalente ao corte de mais de um salário, Paulo Portas propõe uma modelação da TSU ou a introdução de uma nova sobretaxa de IRS, à semelhança do que aconteceu em 2011, sendo que estes cortes deverão equivaler ao tecto máximo de um salário.
Os vários cenários têm como referencial os 2.500 milhões de euros de receita decorrentes das alterações à TSU propostas pelo Governo.
Extracto: Noticias ao minuto

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/portas-propoe-corte-maximo-de-um-salario.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/helena-roseta-este-governo-rouba-os.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/manuela-ferreira-leite-votava-contra-tsu.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/tsu-pode-destruir-68-mil-empregos_17.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/capucho-governo-salvacao-nacional-sem.html
Pois... É melhor ser visto de fora...
... porque por dentro cheira mal!!....
O recuo de Passos visto de fora
Ninguém fala da Islândia porque?
É imposição da Troyka?

youtu.be/lNt7zc6ouco
COMO SOMOS VISTOS DE FORA???
raiodemundo.blogs.sapo.pt/79413.html
em Portugal adoramos...
...saber o que pensam e dizem de nós. Adoramos ser pequeninos, tratar os estrangeiros como vips e os Portugueses como lixo.

Agora vivemos na obsessao do que dizem e pensam de nós no estrangeiro como se isso interessasse para alguma coisa ou contribuisse para a resolucao de problemas que sao nossos.

Eu desmistifico isso para os demais leitores: no estrangeiro somos vistos como um pais de corruptos, que nao se sabe governar, do chico espertismo e deixa andar. No entanto, Portugal é um sitio porreiro para passar ferias, a malta é simpatica, fala linguas como nenhum outro povo e mantem as aparencias como ninguem. Ah e já agora Portugal está a saque, entregue a hienas e chacais e à mercê dos abutres.
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: em Portugal adoramos...
Re: O recuo de Passos visto de fora
Senhores jornalistas por favor não sejam ridiculos, no estrangeiro se estam marimbando para os nossos problemas.

Mas se fazem questão de falar sobre o quê que os outros pensam de nós falem sobre isto:

O quê que eles pensam das nossas condições de trabalho e ordenados.

O quê que eles acham dos nossos politicos.

O quê que eles acham da nossa justiça.

E acima de tudo o quê que eles pensam de no nosso país haver meia duzia de familia que roubam a torto e a direito e ninguém vai preso, pode ainda perguntar o quê que eles pensam dos casos: BPN, BPP, SUBMARINOS, FREEPORT, PORTUCALÉ, ETC., ETC......
Re: O recuo de Passos visto de fora
País cobaia
O país onde os alunos são observados à lupa como cobaias.

A dose medicamentada foi excessiva e o comportamento até que foi aceitável mas os resultados foram uma catastrofe.

Quem falhou?

O que falhou se as cobaias se portaram como alunos exemplares?

O laboratório está debaixo de olho e as cobaias ainda respiram.
Passitos, Passitos...

Vais levar tau-tau da Sra Merkel!

Re: Passitos, Passitos...
Pois
É pena o Expresso não ter dado tanto destaque ás noticias internacionais, quando a esquerda conduzia o país para a ruína.
Re: Pois
Re: Pois
Re: Pois
Re: Pois
Re: Pois
Re: Pois
Re: Pois
FALTA POUCO
O PAULO PORTAS VAI VOLTAR A POR O CHAPEU DE PALHA NA CABEÇA E PERCURER AS FEIRAS, TEM MUITA CORTIÇA PARA VENDER E ASSIM PASSA DESPERCEBIDO DOS SUBMARINOS, JÁ NÃO FALTA MUITO.
PEDRO PETAS COELHO VAI EMIGRAR PARA O PAIS DA MULHER A GOZAR A REFORMA DE MINISTRO, UM RETORNADO QUE EMIGRA E MENOS UMA IMIGRANTE A CONSPORCAR A NOSSA NAÇÃO.
Re: FALTA POUCO
Governar mal , governar bem !
O que PPC nunca terá imaginado , é que iria unir e mobilizar os Portugueses para contestar as suas políticas governativas . Hoje mais do que nunca as redes sociais já fazem parte do dia a dia de muitos de nós , eu por exemplo sou reformado por isso tenho mais tempo disponível, e não me cansei de compartilhar no Facebook a indignação dos Portugueses por esta política suja , que nos estava a ser imposta como se de um castigo se tratasse , como não me parece que nós portugueses mereçamos tal , já que somos um Povo trabalhador , pacífico e disciplinado na sua maioria , a classe política a partir de agora já sabe com o que conta : apoio se governar bem (já é tempo) , contestação séria se governar mal . Viva Portugal !
Re: Governar mal , governar bem !
Re: Governar mal , governar bem !
THE WARNING
Please meditate and pass trough...
ograndesinal.blogspot.pt/2012/09/warning-to-those-elite-global-groups.html

GOD Bless You
Re: THE WARNING
Comentários 92 Comentar

Últimas

Passos, o Dom Casmurro

Estou convencido que caso Machado de Assis tivesse conhecido Passos Coelho, seria o ...

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub