Anterior
A Disney tem o Professor Pardal. Portugal tem o Professor Queiroz
Seguinte
Os filhos do Cristiano são só dele. Os golos do Ronaldo é que são nossos
Página Inicial   >  Blogues  >  100 reféns  >  O que Ronaldo nunca dirá: "Vão perguntar ao José Mourinho!"

O que Ronaldo nunca dirá: "Vão perguntar ao José Mourinho!"

Mourinho veio a terreiro defender a birra de Cristiano. Entende-se. Mas se as frases tivessem sido "vão perguntar ao José Mourinho" e "Ó Zé assim não ganhamos" outro galo cantaria. O galo "Speciale".
|

Mourinho jamais em tempo algum admitiria que um jogador pusesse em causa uma substituição operada por si no decorrer de uma partida. Muito menos da forma que Ronaldo fez. No entanto veio defender em público o jogador. Entende-se. Vai ser seu jogador no Real e não convém levantar ondas antes de chegarem as marés vivas.

Toda a gente sabe que Mourinho não admite indisciplina nas equipas que treina e normalmente reduz os (super) egos das vedetas com quem trabalha a um quadradinho de plástico no banco de suplentes. Este último episódio entre Ronaldo e Queiroz com Mourinho dificilmente aconteceria. E a acontecer seria a última birra deste jogador no seio da equipa.

Se Ronaldo se saísse com um "Ó Zé, assim não ganhamos!" era bem provável que a resposta pronta fosse "Ó Cristiano vai lá abaixo ao balneário ver se eu estou lá sentado. E se por um acaso não me encontrares espera lá por mim um bocadinho. Aproveita e vai tirando os terços brancos do cacifo".

Cristiano dirigiu-se a Queiroz como nunca faria com Mourinho. Despeito e Respeito. E o segundo conquista-se. É o trabalho principal do treinador. De um líder. A diferença entre Mourinho e Queiroz é mesmo essa. O Primeiro é um líder nato. O segundo não, Queiroz é o eterno Professor. E a liderança inquestionável traz tudo: o respeito, o afinco, a admiração e o sucesso. E tudo isto precipita a equipa para bons resultados. A especialidade de José: vencer.

E isto só acontece porque o reconhecido ego de Mourinho é normalmente maior do que o somatório dos egos de todos os jogadores das equipas que treina. O Inter, o Porto, o Chelsea e agora o Real são as "equipas de Mourinho". E não as equipas de Deco, Drogba, Eto´o, Cristiano ou outro qualquer. A credibilidade de Mourinho enquanto treinador é incomensurável. O seu nome sobrepõe-se ao nome de qualquer jogador dos planteis que treina. Dilui os nomes e forma um grupo como um pintor mistura as tintas da próxima obra de arte. 

Com Mourinho os craques transformam-se em peças de um puzzle que o próprio arquitetou. Uma peça que teime em não encaixar não tem futuro. Tenha esta peça o nome, peso, manias ou o valor atribuído que tiver. Não serve para equipa. De nada serve sozinha. Não serve para Mourinho. Mourinho cria vencedores e não vedetas.

Tenho por isso a certeza que a atitude e rendimento de Ronaldo no próximo Europeu, em campo e fora dele, serão bem diferentes desta amostra fraca que tivemos oportunidade de ver neste Mundial 2010. Ou não se chamasse Mourinho o seu próximo treinador. A equipa do Real vai dexar de ser Ronaldo e mais dez e vai passar a ser José e mais onze. E por muito que custe ao Cristiano, isto é a melhor coisa que lhe podia ter acontecido nesta fase da carreira.


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Todas as ilhas têm a sua nuvem

Raul Brandão chamou-lhe 'A Ilha Branca'. Como viajante digo que tem um verde diferente das outras oito que com ela formam o arquipélago dos Açores. É tenra, mansa, repousante e simultaneamente desafiante. Esconde segredos como a lenda da Maria Encantada e um vulcão florestado a meio do século passado que nos transporta para uma dimensão sulfurosa e mágica. Obrigatória para projetos de férias de natureza.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 26 Comentar
ordenar por:
mais votados
O PROBLEMA;DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,QUE LHE S
...quem naseu pobrezinho;e até talvez tenha passado ainda muita fome..???E que me parece;que até nasceu por lá na ilha do jardim,ou a ilkha da madeira;e que nasceu lá numa favela;ou numa casa bem pobrezinha;e quando o dinheiro sobe á cabeça;o rsultado;é este.. até quando.>???O PROBLEMA DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,E CLARO,QUANDO UMA PESSOA QUE NASCEU E VIVEU ATÉ COMEÇAR A TER FAMA; GLÓRIA E $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$,MUITO;AOS MILHÕES;A ARROGÂNCIA;E AS VAIDADES SE APOSSAM DAS PESSOAS;COMO É O CASO DO CR;E AÍ ESTÁ MAIS UMA PESSOA;QUE SE CONSIDERA DONA DO MUNDO..oU SEJA;O SATANÁZ,SE APODERA DAS PESSOAS;QUANDO,A MAIORIA DELAS;NÃO PENSA;QUE UM DIA DESTES;TUDO CÁ FICA NA TERRA.Então,era bom;que pessoas como o cr,tivessem apoios de alguém;que já passaram por casos idênticos;e que afinal,tudo é do mundo;e cá neste mundo;vamos cá deixar tudo..NÃO LEVAMOS NADA;PARA A SEPULTURA..ATÉ QUANDO AS PESSOAS;ACORDAM.>??CPTS..SARAMAGO II.
Re: O PROBLEMA;DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,QUE L
Re: O PROBLEMA;DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,QUE L
Re: O PROBLEMA;DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,QUE L
Re: O PROBLEMA;DO CR,É APENAS MUITOS MILHÕES,QUE L
Ronaldo é um excelente jogador mas...
.... como homem deixa muito a desejar.

Como lider, então, não existe.

Menino mimado, com o dinheiro a "subir-lhe à cabeça", evidencia bem uma infância com limitações e, parace cada vez mais evidente, mais um falhaço da famosa Academia.

Há tempos um ex-dirigente do SCP dizia referente ao Simão: - saímo-nos bem a formar o futebolista e mal no que toca ao ser humano.

Se nos lembrarmos de algumas atitudes "mercenárias" do Figo (até "vender-se" a um politico"), juntando o Simão e agora este, é legítimo, no mínimo, questionar os métodos da citada Academia......
Está muito convencido!
Mas eu não estou tão certo assim, é mais fácil sair o treinador de uma equipa (mesmo que se chame Mourinho) do que sair um jogador e mais ainda quando se trata da vedeta da equipa ou se fôr amigo do presidente, o próprio Mourinho já sentiu isso na pele.
O que desejo é que haja um bom entendimento entre os dois e que cada um cumpra o papel que lhe cabe desempenhar.
Se alguem o estivesse a prejudicar, não reclamava?
Foi o que Ronaldo fez, com a saída de Hugo Almeida os defesas centrais da Espanha ficaram mais livres e isso deu-lhes a possibilidade de marcarem em cima o Ronaldo, e este como sabe precisa de espaço para poder aplicar a sua velocidade e assim desenvolver as suas jogadas, o que de resto já estava prejudicado pela forma como o bloco Português estava a defender, muito baixo.
Quanto ao chamar-lhe Carlos, será você capaz de me dizer qual é o nivel da relação pessoal entre os dois? Quem lhe garante que não se tratem por tu? Afinal foram muitos anos juntos essa afinidade pode mesmo existir, pense nisso.
Re: Está muito convencido!
Por certo, tambem teve chefes
Re: Por certo, tambem teve chefes
Claro que concordo
Re: Claro que concordo
Re: Está muito convencido!
Quer saber porque é que ele
Re: Quer saber porque é que ele
Viu o jogo?
Claro que vi o jogo
Golo!
Acertada análise, mesmo com gralhas ortográficas.
Que bem escrito!
PS. As gralhas ortográficas chamam-se "Acordo Ortográfico".
Ah, pois é ...
Ah, pois é, se o CR ZERO tivesse o atrevimento de dizer "Oh zé asi no ganamos", naquele castelhano das Puertas del Sol, o "entrenador" José Mourinho, arranjava maneira de colocal o moço outra vez nos Andorinhas e a desfilar no Carnaval do Funchal de braço dado com o ti Alberto João.
A diferença
Por falar em Mourinho
Espero que ele tenha visto o jogo entre a Alemanha e a Argentina, para a prender como se joga à bola.
Parabens à Alemanha que é uma verdadeira máquina a jogar à bola.
Só 3 perguntas
Como tudo indica que Carlos Queiroz se vai manter como seleccionados, pois para sair a FPF teria de desembolsar cerca de 5M€, que não tem, as minhas perguntas para ele são:

- Porque é que o capitão da selecção deixou de ser o jogador mais internacional?

- Tal como o seu contrato com a FPF também achou que o ataque devia estar/ser "blindado"? (É que praticamente não se viu!)

- Como vai continuar, e conta com todos os que sintam que a camisola lhes serve, que volta vai dar para no Europeu2012 termos uma selecção vencedora?

...
3 respostas
Dá Deus nozes...
Ronaldo só sabe jogar a bola. A educação passa-lhe ao lado. Presunçoso, como qualquer português rico e sem cultura, lá vai tratando da sua vida, humilhando até os colegas, que muito se devem sentir com o seu protagonismo negativo, pois quer fazer tudo sozinho, como se os outros lá não estivessem.
A ver vamos
Falta ver se o Gardiola e o Barcelona vao deixar as coisas acontecer. Esper que o Real Madrid continue a apanhar bailes de bola do Barca porque eles tem equipa e tem jogadores e jogam futebol e dao espectaculo.... e.... e... e.... o Real tens uns Galos ou Galacticos ou que raio que passam o tempo a fazer publicidade... O Barca vai jogando futebol e isso que queremos ver e nao revistas cor de rosa nos campos de futebol.
Comentários 26 Comentar

Últimas

Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub