88
Anterior
Quem é Mário Nogueira?
Seguinte
Turquia: o lado solar de Erdogan
Página Inicial   >  Blogues  >  A Tempo e a Desmodo  >   O país onde as mulheres têm de ser gordas

O país onde as mulheres têm de ser gordas

|

Do alto da sua ignorância eurocêntrica, um sujeito pensa que África é sinónimo de mulheres escanzeladas e famélicas, mas parece que existe um país africano onde as mulheres são versões negras da Miss Piggy. Aliás, as mulheres deste país têm mesmo ser badochas. É uma imposição social. Estou a falar desse paraíso nórdico chamado Mauritânia, e a prática em questão dá pelo nome de leblouh, que é como quem diz "ó filha, tens de engordar, senão não arranjas homem". O amor ali vem aos quilos. Quando vê uma estria no bumbum delgadinho, a mulher ocidental entra em colapso. Quando vê semelhante fenómeno, a cidadã da Mauritânia tem um espasmo de alegria. Se a filha de 10 anos pesar 80 quilos, o pai ocidental convoca o psiquiatra. Se a filha de 10 anos pesar 80 quilos, o pai mauritanense dá uma festa e vende a menina ao pai do futuro genro. E o que acontece quando a petiz não engorda? A família é coberta pelo manto de vergonha. Como é bonita a diversidade da Criação.

Entre os 5 e os 12 anos, as garotas mauritanenses são forçadas a entrar numa dieta que faz inveja ao maior comilão do Biggest Loser. Qual é a ementa diária? Tradicionalmente, as futuras noivas tinham de engolir canecas de manteiga e dezenas de livros de leite de camelo. Entretanto, as maravilhas da técnica chegaram à Mauritânia e o leite de Camelo foi substituído por aqueles químicos destinados à engorda dos animais. Ou seja, estas jovens mulheres são literalmente gado. E, como qualquer vara ou rebanho, são enviadas para centros de concentração destinados à engorda. Quais são as actividades lúdicas destes campos? Se recusarem comer, são torturadas. Se vomitarem, têm de voltar a comer o vomitado temperado pela poeira do chão. Curiosamente, esta gastronomia empoeirada é defendida pela maioria das mulheres mais velhas mas é rejeitada pelos jovens machos. A maioria dos cavalheiros da Mauritânia (70%) não quer dar o nó com porta-aviões de estrias ou com colecções de doenças coronárias. Quem diria? Uns aculturados, é o que é, uns vendidos à cultura eurocêntrica. 

Vivendo num Ocidente que se transformou num porta-aviões de indignados, fico sempre surpreendido com o desprezo que os profissionais da indignação garantem às mulheres de outras culturas. Sim, eu sei, sou uma besta eurocêntrica. Tal como os garotos da Mauritânia. 

 

Da série "Gostar de Mulheres"

A mulher que matou Salazar 

O homem que falava através das mulheres

Odiar as curvas da mulher: a marca do terrorista islamita

As chinesas querem o corpo da mulher ocidental 

Aborto e baptismo: a hipocrisia criticada por Francisco I 

Uma portuguesa foi a primeira Lara Croft 

Conquista de Abril: a libertação das mulheres 

A Bimby da sogra 

A portuguesa que inventou a pornografia para mamãs 

Portuguesas inventaram a alta pornografia 

Por favor, devolvam-me a Alexandra Lencastre 

As maminhas que pararam a Tunísia 

O Facebook dos bebés 

A vingança das feias 

Quando se podia ser mulher no Irão 

A mulher que queria ser um homem 

Os japoneses não gostam de mulheres 

Quando a mulher é literalmente uma escrava 

Apedrejar uma mulher, pá, é uma questão de contexto  

Um livro para a mãe wannabe 

Porque é que os egípcios molestam mulheres? 

É católica, logo é estúpida   

Cara Triumph, devolva-me as mulheres 

Os biquínis que param o Egípto 


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 88 Comentar
ordenar por:
mais votados
Ganda Raposão !!

Assim é que é. Deu-se ao trabalho de ler e de adaptar um qualquer texto saído num dos muitos "Corrier Inter" velhos de uma dezena de anos.

Não fosse o Raposão um trabalhador nato, ao contrário do bigodes Nogueira, ter-se-ia limitado a deixar-nos um simples link.

E assim se fazem crónicas de cordel, pagas, cujo trabalho de pesquisa e capacidade intelectual estão ao nível da Joana21 ou do Águia2.

Compreende-se, depois do tareão que lhe deu ontem o bigodes, hoje a cachimónia não deu p'ra mais !
Cuidado com os Amores!!!
Está bêbeda !! Já a atendo.
Não há tempo!!!
Espero que não seja...a
Ela está mesmo bem pedrada!!!!
Viva
Horror verdadeiro
Dize-me lá ó joaninha...
------------------------------
Eu acho que...
Eu acho que...
Não, não acho...
Cá p'ra mim...
Interessante...
Viva
Quem é este HR..?
Quem é esta besta eurocêntrica?
Parece que é
Então e o Gato do Nogueira ó Raposo?
E eu a pensar que o Raposo hoje ia dissertar sobre o Gato do Nogueira!

Ora bolas!

Vou ali já volto!

P.S.: de quqluer modo o tema de hoje promete! Não tarda temos por aí a tribo "Cultura&Religião&Usos&Costumes" aos pulos! Mais a legião de Raposofóbicos anónimos LOL
Parece-lhe que não mas respondeu...
Que brincadeira é esta?
Sabemos que Henrique Raposo aprecia muito cinema e possivelmente devido a isso já confunde a realidade com a ficção; viu algum filme de má qualidade e pronto! Saiu esta brincadeira.
O Nogueira é funcionário do PCP!
funcionário e controlador chefe!
E VOCÊ AQUI, O QUE É?
E o Cavaco?
Uma besta eurocêntrica!
Que capacidade de autocrítica ! É isto que a vida tem de belo,acorda-se pela manhã e há sempre algo para espantar-nos, para aprender!
E não é que o HR está hoje preocupadíssimo com as gordas apreciadas em África? Homem, vá até aos EUA e pode indignar-se mais: à medida que caminhar para o interior, encontrará gordas a dar com um pau...o que lhe vai ser difícil será encontrar Angeline Jolies...e não se sujeita ao vexame de aparecer como um rapaz a quem preocupam mais as gordas africanas, que a fome das esqueléticas que abundam em África.
EUA
EUA
Comunidade Mauritana em Portugal agradece!!
Esta crónica foi escrita para a imensa Comunidade Mauritana em Portugal que além de ser grande seguramente "lê" Português...
Pois de facto segundo as notícias a comunidade Mauritana que exerce a profissão de traficante de haxixe tem vindo a ser "recolhida" nas suas lanchas voadoras não só pela nossa Polícia Marítima como pela nossa PJ, e hoje constituem uma parte do que é corrente chamar-se a nossa "população prisional", não descriminando como é apanágio de HR resolveu escrever uma crónica para essas pessoas numa atitude que só pode ser de louvar. Estou certo que a imensa Comunidade Mauritana "leu" e sensibilizada agradece.
Ps: Ouvi dizer que a mulher de Mário Nogueira é gorda e ocorreu-me agora se esta crónica não será a subtil resposta ao polémico sindicalista de que todos estávamos à espera??...Talvez não....é só mais uma crónica...agora é só passar pela Tesouraria do Expresso e levantar o cheque. mais um dia. Missão cumprida.
E por cá?
Não digo que com a mesma finalidade, mas a verdade é que metade das mulheres portuguesas já vai por esse caminho. É vê-las por aí! Nada como umas coca-colas, uns chocolates e uns "sumos(?)" gaseificados, como convém. Temos depois aquele molhinho do bife ou das bifanas, com a margarina já decomposta, só dioxinas, que tanto bem faz à formosura. Não admira pois, que as criancinhas já nasçam assim e os que não nascem, lá chegarão também. Mas, gostos, são gostos, e a liberdade é de cada um. O problema é quando vão sentadas nos transportes públicos... Só consigo sentar metade!
Cuidado com os Amores!!!
Havia um menino, chamado Brinca, que gostava muito de um senhor chamado Mário Nogueira. Ele idolatrava-o. Em Junho de 2013, Mário Nogueira faleceu, acho que foi atropelado por um camião do lixo, deixando o menino profundamente triste. O tempo passou e o menino, em Agosto desse ano, transformou-se, não se sabe como, numa bela rapariga. Conheceu um jovem, de seu nome Martins, casou-se e ficou grávida. Sentiu os sinais do parto e dirigiu-se para o hospital a fim de dar a luz ao seu primeiro filho. Os médicos atenderam-na e ao olharem pela primeira vez, seu filho que acabara de nascer, Brinca e Martins perceberam, com lágrimas nos olhos, que ele tinha a fisionomia do falecido Mário Nogueira. Entre todo esse clima de emoção, um facto ficou marcado: o seu filho que acabara de nascer, abriu os olhos e disse "Não chorem Brinca e Martins, sou o Mário, estou de novo ao vosso lado."
Brincadeira de mau gosto e mau perder!
Sr. JL Martins!!!
Gemeos
A fuga
Ontem, depois de ter levado uma rabecada, HR fugiu para a Mauritânia...
A seguir vêm as Gordas da Mauritânia responder...
Resposta
...
Exactamente
...
Também o são "Chulos"
LOOOOOL
Vou-lhe explicar....
...
Será ???
:)
...
Lá está você a confundir as coisas outra vez
Não faço confusão...
LOL
Outra coisa... Esta a dizer-me que...
LOL
os cães ladram e a caravana passa
Não é uma questão de dar ao trabalho
Razão?
Não me parece
Ataques pessoais
:D
Leia o artigo com atenção
Claro
Verdade
LOL
Paradoxos
facil
LOL
coisas diferentes
LOL
What?
Apenas isto... RI-DÍ-CU-LO!
Raposo disserta.
Será que HR não tinha nenhum assunto interessante para escrever?
Tem toda a razão, escrever sobre as mulheres da Mauritânia, sobre um assunto que, embora duvidando das fontes, mostra a superioridade do continente europeu e da visão ocidental do mundo, é um motivo prioritário. Deixe-me dizer-lhe, que foi com argumentos desses que se cometeram as maiores barbaridades no mundo.
Aquilo que é subliminar à sua crónica, a superioridade de uma raça, religião ou credo político, tem sido o rastilho a despoletar autênticos massacres.
Não seja levezinho...
A liberdade de expressão vs o medo da verdade !
Quem sabe nunca esquece...
ODrºBalsemão vai pagar este trabalho? Um trabalho de caca e vai receber por esta espécie de artigo? Se fosse numa empresa a sério era despedido....pois aposto que ainda por cima é um plágio de algum artigo da net abrasileirado...quando escreveu ( garotas mauritanenses....entrar numa dieta....estria no bumbum delgadinho...) .Era preferivel não ter escrito nada do que enviar esta espécie de prosa , deite-se cedo e não baixe a guarda senão os comunas ainda o acabam por o tramar...
Que bela crónica!
Finalmente uma excelente crónica de Raposo. E como, para mim, vale mais a qualidade que a quantidade, o que li fez com que pense ser o autor merecedor de que seja criado pelo Expresso o prémio "Raposo" de crónica literária. Sendo assim, Raposo deveria ganhar o 1º prémio com o seu nome, prémio esse que contemplaria um retiro de 15 dias na companhia permanente de 7 professoras virgens mauritanas com 120 kg cada.
Não, Raposo, você não é uma besta eurocêntrica. É apenas alguém com uma elevadíssima capacidade de auto-avaliação.
Concordo.
os cães ladram e a caravana passa
Acham por acaso,aqui alguns comentadores que HR se ia dar ao trabalho de responder a Sr Nogueira?..Ignorou-o e fez muito bem!!!!
ja sei que o Raposo
É da geraçao dos viajados. Eu infelizmente nao. As minhas grandes viagens foram no cinema e elas so me mostravam o que era possivel ver.
Por isso agora quando aqui se fala dos nossos pequeninos problemas o rapaso e outros que tais nos falam da china, da india e agora da mauritania. Tudo o que sirva para nos calar e alhear do que temos a frente dos olhos. Mas na verdade o raposo fazendo jus ao seu nome quer la saber das mauritanias que engoram a força como gado. Se se preocupa ainda bem e desejo que sim, mas nao use isso para nos lançar poeira para os olhos
Comentários 88 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub