12
Anterior
Guiné-Bissau: ONU condena "ação militar"
Seguinte
Guiné-Bissau: Portugal rejeita intervenção militar
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   "O Grito" vai ser vendido

"O Grito" vai ser vendido

Aquele que será provavelmente o quadro mais famoso depois de "Mona Lisa" está desde hoje em exibição em Londres, antes de seguir para leilão. É umas das quatro versões de "O Grito", de Edvard Munch, a única na posse de privados. 
|
'O Grito' vai ser vendido

Umas das quatro versões de "O Grito", de Edvard Munch, está desde hoje em exibição na Sotheby de Londres, onde permanecerá uma semana antes de seguir para Nova Iorque, onde será vendido pela famosa casa de leilões a 2 de maio.

A base de licitação é de 80 milhões de dólares, mas é provável que seja arrebatado por um valor muito mais alto, tendo em conta não só o valor artístico da obra do pintor norueguês como a sua enorme popularidade e o facto das outras três versões do quadro não poderem ser adquiridas, uma vez que duas pertencem ao Museu Munch de Oslo e a outra à Galeria Nacional da Noruega.

Se as perspetivas se cumprirem, o quadro poderá aproximar-se mesmo do valor recorde de 106 milhões de dólares que "Nude, Green Leaves and Bust", de Picasso, atingiu em 2010, num leilão da Christie's em Nova Iorque.

"O Grito", desenho a pastel com uma figura a gritar em primeiro plano, é um dos quadros mais reconhecíveis em todo o mundo, provavelmente o mais famoso a seguir a "Mona Lisa".

Venda vai financiar a criação de um museu


A sua fama aumentou ainda mais com o roubo de duas das suas versões nos últimos 20 anos, tendo ambas sido entretanto recuperadas.

A versão que será leiloada, pintada em 1895, pertence a Petter Olsen, cujo pai foi amigo e mecenas deEdvard Munch, tendo adquirido diversas das suas obras.

A venda de "O Grito" destina-se, aliás, a financiar a criação do museu e centro de artes Ramme Gaard, que irá contar com diversas obras de Munch e que Petter Olsen tenciona inaugurar em Ramme Gaard, Hvitsten, Noruega, em 2013, ano que se irá celebrar os 150.º aniversário do nascimento do pintor.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 12 Comentar
ordenar por:
mais votados
O tema desse quadro "O grito" não podia ser mais
actual, devido ao desespero com que milhões de cidadãos por todo o mundo são vitimas de um sistema injusto onde as diferenças entre pobres e ricos se asssentuam de forma brutal...
Um grito muito valioso...
Quando a arte se transforma em negócio, os valores comerciais das obras é que importa...

Mais uma piada sensanionalista do pasquim Expresso
O grito é a obra mais famosa depois da Mona Lisa? Mesmo com um "provável" pelo meio, é uma da mais estúpidas afirmações que se pode fazer.
Segundo este pueril jornalista, a Arte é tabelada e tem de obedecer a um "ranking" apelativo, para que seja mais fácil "tragar" a notícia.
Sem dúvida que merecemos melhor que estas bojardas.
Um rabisco mui caro.

A comparação entre Mona Lisa e o Grito é tão ridícula, tão grotesca e tão cómica.
E como Italiano sinto-me ofendido.

Eu também seria capaz de pintar aquele rabisco.

...
E a Ceia de Leonardo da Vinci?
A Última Ceia
Re: A Última Ceia
Re: ... O que é um fresco?
Re: ... O que é um fresco?
Re: ... O que é um fresco?
Re: ... O que é um fresco?
Noticia é De Gritos
Quem será que vai alienar esta obra que é um grito da alienação? Algum alienado... é de gritos!
Comentários 12 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub