17 de abril de 2014 às 12:51
Página Inicial  ⁄  Opinião e Blogues  ⁄  O Expresso na SIC Notícias  ⁄  O consumidor ganhará com a liberalização do gás e eletricidade?

O consumidor ganhará com a liberalização do gás e eletricidade?

O comentário de Vítor Andrade, jornalista do Expresso, no Jornal de Economia da SIC. Em análise os aumentos do gás e eletricidade, a derrapagem no défice, a Cimeira Europeia e o efeito das greves na economia.
Comentários 32 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
o embuste ... negociar como ?
Aqui ficam as ofertas que estão disponíveis neste momento. Na eletricicidade, para fazer contas e ver o que é melhor, basta subtrair os descontos da Galp e da EDP ao valor com IVA, mas sem impostos da DGEG e da taxa audiovisual. No caso da Endesa tem de subtarir o desconto apenas no valor da energia consumida com IVA. Já no gás, é simples, é só subtrair o desconto ao valor da fatura.
EDP Comercial
Casa Total 10+2
• Conta conjunta de gás e eletricidade com desconto de 10% no gás e 2% na luz
• Desconto válido até 30 de junho de 2013
• Adesão de 2 de julho a 31 de agosto para domésticos e pequenas empresas com consumos até 20,7 kvA na eletricidade e até 500 m3 no gás
• Desconto é sobre o preço da energia e da potência contratada
• Não tem fidelização, mas obriga a débito direto
EDP Casa
• Desconto de 2% na eletricidade
• Pode aderir quando quiser
• Para domésticos e pequenas empresas com consumos até 20,7 kvA
• Desconto é sobre o preço da energia e da potência contratada
Galp On
• Conta conjunta de gás e eletricidade com desconto de 5% no gás e de 5% na luz ou com desconto de 10% na luz e de 10% no gás (mediante pagamento de um extra)
• Desconto de 2% ou de 8% se aderir só ao gás ou só à eletricidade
• Adesão até 30 de setembro para domésticos e pequenas empresas com consumos até 20,7 kvA na eletricidade e até 500 m3 no gás
• Desconto é sobre o preço da energia e da potência contratada.
Endesa ...
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
PERCEBERAM ????????????????????????' Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
Re: o embuste ... negociar como ? Ver comentário
O Consumidor está sempre "lixado"!
Viver sem gáz e electricidade é dificil,porque se fosse o contrário,então o consumidor seria mais respeitado!
Re: O Consumidor está sempre Ver comentário
Re: O Consumidor está sempre BPN Ver comentário
À ATENÇÃO DO EXPRESSO ...
Isto não tem som ...

Onde está o problema ? ... Aqui ou aí ? ...
Re: À ATENÇÃO DO EXPRESSO ... Ver comentário
Claro que o consumidor vai ganhar!!!
Vai ganhar uma factura mais elevada! Felizmente ainda existe a possibilidade de emigrar. Aproveitemos enquanto é tempo.

Re: Claro que o consumidor vai ganhar!!! Ver comentário
Nesta democracia
O povo somente serve para pagar a vida luxuosa de certa elite, e está à vista de toda a gente.
Ganham , pois , mais contas para pagar
Ganhará , pois claro , como ganhou com os combustíveis e outros produtos que foram liberalizados ,mais contas para pagar.

Há que pagar o apetite dos accionistas cada vez maior e insaciavel.
APENAS MAIS UMA PROVA
APENAS MAIS UMA PROVA DE QUE A UE E O ESTADO PORTUGUÊS, SEU VASSALO, ESTÃO LÁ PARA DEFENDER AS EMPRESAS E NÃO O CIDADÃO!!!
Em Portugal?
A liberalização em Portugal traduz-se em corrupção, compadrios, promiscuidade político-empresarial, e, principalmente, cartelização.
Re: Em Portugal? Ver comentário
O EMBUSTE DA CONCORRÊNCIA NA ENERGIA
Por analogia ao sector dos combustiveis é logico que a concorrencia na energia será uma falácia , um embuste .
As empresas vão constituir um Cartel , e o consumidor está ferrado .
Estará a negociar 24 horas o porco , por um presunto , 5% de desconto , mais uma semana de férias no Vila Joya , senhas de lavagem de carro , talões para detergente , 7 % de desconto no pincel para a barba ... A CONCORRÊNCIA CHALUPA QUE NÃO FUNCIONA .

Já ponho os esquemas das empresas para verem ...

Não sou marxista , e até sou de direita .
O sector devia ser NACIONALIZADO , e o Dr.Mexia criminalizado e julgado por ter contribuido , com o PS de Socrates do EMBUSTE DAS RENOVÁVEIS QUE ANDAMOS A PAGAR NA FACTURA , mais taxa de audiovisual e Kmeques e ROUBOS DE IGREJA

Portugal está uma vergonha .
Re: O EMBUSTE DA CONCORRÊNCIA NA ENERGIA Ver comentário
ALGUEM GANHA CONCERTEZA.
MAS O CATROGA E O ARNAUT VÃO GANHAR MUITO CONCERTEZA.
A ERSE TAMBEM E SEMPRE ESTÃO UNS LUGARES DISPONIVEIS PARA ALGUM BOY AFLITO.
Re: ALGUEM GANHA CONCERTEZA. Ver comentário
Mas alguém acredita em gambuzinhos azuis?
O consumidor «beneficiar» com as privatizações e com a liberalização dos preços? A liberalização dos preços é bom para quem pode fixar os preços: para as empresas. O consumidor paga e cala.

E quem não estiver contente pode reclamar à «autoridade da concorrência» que vai dizer, como sempre, que «não há indícios». Nem poderia dizer outra coisa.. até porque quem trabalha na autoridade da concorrência hoje trabalhou ontem na EDP e trabalhará amanhã na PT... convém não fazer inimigos...

Para que conste.. e para que saibam que eu sei que estou a ser.. tramado!
o resto do embuste ... ( não cabia )
Endesa
• Desconto de 5% só na eletricidade e apenas sobre o preço da energia apenas
• pode aderir quando quiser, mas quem tem bi-horário tem de mudar primeiro para uma conta normal
• Para domésticos e pequenas empresas com consumos até 20,7 kvA
Goldenergy
• Desconto de 20% no gás (não paga o termo fixo) para todos os clientes
• Obriga a fidelização por 24 meses
Vai ser o Mesmo
"O consumidor ganhará com a liberalização do gás e eletricidade?"

Vamos ganhar como ganhamos com a Liberalização dos Combustiveis.

DERRAPAGEM DO DÉFICE .
A derrapagem do défice, faz do rebanho- uns parvinhos estúpidos; e indecisos com o que é que hão de dizer agora.
Passou um ano, e a esmagadora maioria do povo está muito pior.
Desculpas mais que gastas como:
-já era expectável haver uma subida do desemprego.
- Já era expectável haver um abrandamento no consumo.
-já era expectável fecharem algumas empresas.
São desculpas ridículas; pois só quando são apresentados os resultados negativos é que dizem que era expectável.
Depois de terem engolido todas as mentiras da campanha eleitoral, e terem caído que nem uns patinhos; o rebanho agora tabém faz figura de otário, ao ter sido aldrabado, enganado e ludibriado.
 
Pergunta.
Quando é que qualquer liberalização em Portugal resultou em preços mais baixos?
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub