8
Anterior
Um crossover familiar generoso em espaço
Seguinte
317 km/hora... e um euromilhões
Página Inicial   >  Economia  >  Carros  >   O charme discreto da "Missão Impossível"
CARRO DA SEMANA

O charme discreto da "Missão Impossível"

O novo coupé BMW 640d xDrixe tem tração às quatro rodas, dispara dos zero aos 100 km/hora em 5,2 segundos. Tem charme e é "irmão" do descapotável usado no filme "Missão Impossível". Mas o seu preço "queima".
|

A elegância e a fluidez aerodinâmica das linhas do 640d xDrive distinguem o novo coupé topo de gama da BMW, cuja motorização a diesel alia o melhor de dois mundos: por um lado, tem um funcionamento extremamente eficiente com consumos moderados e, por outro, disponibiliza uma elevada potência com o gigantesco binário que transmite às suas quatro rodas motrizes. Ou seja, é bonito, não gasta muito e tem imensa força a baixas rotações. Todos estes ingredientes juntos tornam o 640d xDrive num automóvel verdadeiramente explosivo, com um desempenho brilhante. O seu "irmão" descapotável foi protagonista do último filme "Missão impossível". Porém, a sua principal desvantagem é ser tão caro.

O novo BMW coupé da Série 6 foi o primeiro a receber a nova geração de motores diesel biturbo, com 3 litros de cilindrada, que na versão do 640d debitam uma potência de 313 cavalos às 4400 rotações.

Dimensões mais generosas


Em relação à versão anterior, este coupé Série 6 tem dimensões mais generosas, mas não perdeu agilidade. Na realidade, ficou mais comprido 5 mm, e mais largo 39 mm. A manutenção de um comportamento dinâmico e enérgico deve-se ao reforço das suas características desportivas, que foi conseguido pela BMW depois de ter descido o centro de gravidade deste modelo, que, em relação à geração anterior, ficou 5 milímetros mais baixo.

Com dimensões mais generosas, o Coupé 640d também ganha em habitabilidade, embora o acesso aos dois lugares traseiros sofra as limitações de um veículo de apenas duas portas, que exige o rebatimento das costas dos bancos da frente.Além disso, é impossível passar de um lugar para outro na traseira pois estão separados pelo volumoso túnel da transmissão.

Bagageira com 460 litros


Comparativamente com a versão descapotável - que foi divulgada no último filme "Missão Impossível" -, a bagageira do coupé tem mais 160 litros que a da versão cabrio, dispondo de um total de 460 litros, o que é suficiente para acomodar toda a bagagem de quatro tripulantes.

Ao nível das soluções mecânicas, o Coupé 640d está equipado com o sistema xDrive que gere a tração integral de forma inteligente, repartindo a potência em 40% para o eixo dianteiro e 60% para o eixo traseiro.

A sua suspensão também dispõe de uma gestão eletrónica que aumenta ou diminui a firmeza, consoante sejam selecionados os dois modos Confort ou os modos desportivos, que controlam o amortecimento dinâmico em circulação.

Evolução do 635d


Quanto ao motor, o desenvolvimento que a BMW deu ao bloco diesel "TwinPower" de 3000 centímetros cúbicos do 640d, com 313 cavalos, constitui uma melhoria notória face ao comportamento do anterior 635d.

O 640d xDrive assegura acelerações dignas de um desportivo potente, com 5,2 segundos dos 0 aos 100 km/hora - o que é ligeiramente melhor que o desempenho do 640d sem tração integral, que faz dos 0 aos 100 km/hora em 5,3 segundos, segundo informação da marca.

Tal como em outros modelos da BMW, a velocidade máxima está limitada eletronicamente aos 250 km/hora. Para um carro com 313 cavalos, os consumos observados, de 7,9 litros aos 100 km em estrada e autoestrada revelam um elevado nível de eficiência mecânica, embora sejam superiores aos valores referidos pela marca.

Uma nota positiva tem de ser dada à caixa automática de oito velocidades, que também no 640d se mostra irrepreensível.



Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 8 Comentar
ordenar por:
mais votados
'O sonho comanda a vida...' e que orienta o sonho?
Eis um mundo de ilusão...

Bem sei que à vida também faz falta a ilusão, ter sonhos,...'o sonho comanda a vida'.

Mas ter os pés bem assentes na terra, também é fundamental para ser ter uma vida consistente.

É que há muita gente que passam os dias 'a voar' e não descem à terra...
Mais uma análise extremamente relevante...
...para a grande maioria dos portugueses. Vamos todos trabalhar 40 anos, sem gastar um tusto para poder comprar este pópó que custa 137 mil euros. Ainda não consegui perceber se o jornalista está mais interessado em conduzir pópós porreiros ou se quer prestar um serviço aos leitores. Se tivermos em conta os últimos artigos, estou mais inclinado para o jornalista que gosta de conduzir pópós caros.
Re: Mais uma análise extremamente relevante...
Re: Mais uma análise extremamente relevante...
Re: Mais uma análise extremamente relevante...
A poesia
...leva a que se cometa o erro de escrever "motorização a diesel". Ou ainda "quatro tripulantes".

Senhor jornalista, seja assertivo e correcto por favor, ou então saia da frente. Pois só assim o Expresso evitará descer mais ainda ao nível de Pasquim.

O carro não torce muito, mas é rijo que nem marfim, como habitualmente nos BM.
Bom carro...
...para o Relvas e seus muchachos.
Semelhancas
este carro e' parecido com o carro do socialista Jaime Gama entao presidente da AR.
Comentários 8 Comentar

Últimas

BES quer vender ativos

Está em curso avaliação exaustiva dos ativos. Saída de alguns mercados internacionais está em ...

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub