Anterior
Alegre recomenda aos políticos: leiam "todos os dias um poema"
Seguinte
Ucrânia: Yulia Tymoshenko interrompe greve de fome
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Números do desemprego já foram entregues aos deputados, mas em inglês

Números do desemprego já foram entregues aos deputados, mas em inglês

A falta de um anexo do Documento de Estratégia Orçamental levou hoje a oposição a pedir a interrupção da audição de Vítor Gaspar Comissão Parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública. Entretanto, os documentos foram entregues, mas... em inglês.

|
João Galamba e Pedro Marques, deputados socialistas, pediram a interrupção dos trabalhos
João Galamba e Pedro Marques, deputados socialistas, pediram a interrupção dos trabalhos / Tiago Petinga/Lusa

Os documentos - previsões dos números do desemprego - pedidos pelos deputados do PS, PCP e BE ao ministro das Finanças, Vítor Gaspar, durante uma audição da Comissão Parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública já foram entregues.

Os partidos tinham pedido a interrupção dos trabalhos até receberem documentos - os anexos técnicos do Documento de Estratégia Orçamental - que diziam estar em falta. Os documentos foram entretanto entregues, mas em inglês.

"Vou devolver-lhe estes quadros. Sabe porquê? Porque este documento vem em inglês. Não aceito, não reconheço, recuso que a Assembleia da República aceite como válido um documento em inglês", disse o deputado comunista Honório Novo,  entregando os papéis distribuídos pelo Governo a uma funcionária do parlamento.

"Peço desculpa por essa situação. Os quadros estão a ser traduzidos e poderão rapidamente ser re-submetidos em português", respondeu Vítor Gaspar.

"Pareceu-me justificar-se a distribuição em inglês, porque muitos membros desta comissão mencionaram a importância de ter acesso a esta informação, e não quis usar o argumento da tradução para atrasar essa distribuição."

O deputado socialista João Galamba acusou o ministro das Finanças de ter "sonegado" informação e de ter apresentado na Assembleia da República (AR) um documento "amputado". Galamba disse ser "inaceitável" que o ministro das Finanças tenha sugerido à comissão consultar os documentos online.

O Governo enviou esta semana para a Comissão Europeia uma versão do documento que incluía um anexo com previsões atualizadas - e mais graves - para a evolução do desemprego. De acordo com o anexo estatístico que o Governo entregou em Bruxelas - e que não constava do DEO - o Executivo prevê agora que a taxa de desemprego se situe nos 14,1% no próximo ano, 13,2% em 2014, 12,7% em 2015 e 12,1% no ano seguinte.

"Uma democracia parlamentar não funciona assim"


O deputado do Bloco de Esquerda Pedro Filipe Soares juntou-se aos protestos do socialista João Galamba, questionando a presidência da comissão parlamentar do Orçamento sobre se teria recebido o anexo ao
DEO que continha os dados do orçamento (o presidente da Comissão, o socialista Eduardo Cabrita, disse que não).

O social-democrata Paulo Batista Santos apelou "aos colegas das outras bancadas a que tenham algum bom senso": "Não nos precipitemos, tenhamos a cortesia de primeiro ouvir o ministro para tomar conclusões sobre se estamos esclarecidos ou não."

O socialista Pedro Marques considerou, no entanto, "inaceitável" que os trabalhos continuassem sem que os deputados tivessem "toda a informação" do DEO. "Uma democracia parlamentar não funciona assim", afirmou o deputado do PS eleito por Portalegre, interrompido por interjeições do social-democrata Pedro Pinto ("Isto não é a escola primária!"). 

Vítor Gaspar confirmou que os documentos em questão foram entregues em Bruxelas, mas não chegaram à AR.

O ministro das Finanças está a ser ouvido pela Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública, no âmbito da apreciação da proposta de Lei que "Aprova o Quadro Plurianual de Programação Orçamental para os anos de 2013 a 2016", e do Documento de Estratégia Orçamental para o período 2012-2016.


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 41 Comentar
ordenar por:
mais votados
Vitor Gaspar .mais respeito pela Assembleia!
O ministro das Finanças deve ter mais respeito pela Assembleia.
Há erros que não pode cometer,comprometem o próprio Governo e dão um mau aspecto.
Isto é a gozar com os Portugueses !
Sócrates a gozar com os Portugueses !
Re: Vitor Gaspar .mais respeito pela Assembleia!
SR. MINISTRO... ESCREVA 50 VEZES ISTO NO QUADRO...
" Eu não volto a mentir. Eu não volto a ser trapalhão. Ser mentiroso e trapalhão é feio."

Vá Sr. Ministro ... 50 vezes ...

Alguém disse um dia ... "O maior castigo para o mentiroso é não ser acreditado, nem quando fala a verdade."
E o Galamba do PS,ao menos sabe ler?
Existe cura para isto?
Existe sim, é correr com estes trauliteiros todos que só olham para a sua algibeira.
A política desceu ao mais baixo nível de deçência de onde a moral e cívismo perderem as qualidades mínimas.
Cortem a reforma do Sócrates!
Re: Cortem a reforma do Sócrates!
Re: Cortem a reforma do Sócrates!
Re: Cortem a reforma do Sócrates!
Re: Cortem a reforma do Sócrates!
Fait divers...
Fait divers... e o povo gosta.

Já agora, não estava a par de que os ingleses utilizassem um sistema numérico diferente do nosso...

Mas ao melhor nível da assembleia, arranjou-se um bom motivo não só para parar os trabalhos como também para abrir os telejornais. Dois coelhos de uma cajadada: não trabalhar e ainda ganhar votos.
14,1% em 2013?

Vai ser preciso emigrar muito mas mesmo muito desempregado.

A não ser que o nosso Gaspar esteja a pensar em abrir 150.000 vagas na função pública.
Deixem-se de tretas e trabalhem!
Gasparzinho : é muito feio brincar com os órgãos de soerania do País. Em qualquer empresa privada, tinhas sarilhos valentes se fosses para a reunião sem ter distribuido os documentos a quem de direito.

Mas estamos no século XXI, ano 2012 : envia essa coisa por email e está o assunto arrumado em segundos.

Quanto aos ilustres senhores deputados: se não sabem ler em inglês, francês e castelhano, não têm categoria para ser deputados. Se só conhecem Português, nem um relatório do FMI conseguem ler, quanto mais perceber e discutir!

Deixem-se de mariquices, se fossem as instruções do automóvel até as erratas liam!

Agora não percam mais tempo - tirado aos feriados suprimidos _ e trabalhem, que é para isso que estão aí!

Re: Deixem-se de tretas e trabalhem!
Re: Deixem-se de tretas e trabalhem!
Esta é a tal gente que se auto...
... intitulava de credíveis...
Lembram-se porque o PECIV foi rejeitado?
Lembram-se da menina de Vila Franca de Xira?
Lembram-se a decisão de suspender as reformas feita à sucapa?
Lembram-se de o PSD estar sempre a dizer que o PS é que não quer colaborar/comprometer-se com o memorando?

Lembram-se?... São tantas ....

Já que PPC dá tantas entrevistas porquê que ainda não lhe perguntaram o que é que ele entende por credibilidade... Ele pode muito bem estar equivocado caso contrário só há uma palavra para o qualificar ''é um trapaceiro do caraças!!!''
Re: Esta é a tal gente que se auto...
Re: Esta é a tal gente que se auto...
A ignorância de Victor Gaspar
Victor Gaspar disse no dia 4 de Abril na AR que não percebia porque o desemprego estava a disparar de maneira tão descontrolada.
Alguem que lhe aponte uma lanterna para ver se se faz alguma luz naquela cabeça.
Os portugueses estão bem entregues com esta gente.

Se ele não percebe porque o desemprego está disparado , como pode ele saber ou falar que Portugal está no bom caminho do crescimento economico e da criação de emprego.

A realidade de longe não bate com o seu discurso.
Governo combate fogo com política d terra queimada
A taxa de desemprego atingiu 15% em Fevereiro.

A taxa de desemprego jovem cresce 4 decimas em Fevereiro para 35,4% o dobro da velocidade da taxa geral.

O número de desempregados inscritos dispara 20% em Março em relação ao mesmo mês do ano passado.

Perante isto , o que faz este governo para combater este incêndio descontrolado do desemprego ?

Facilita o desemprego reduzindo cada vez mais as indemnizações e liberalizando os despedimentos , ou seja combate o fogo com mais fogo , ou seja uma política de terra queimada.
Governo a acabar com os 4 feriados

Esta medida de acabar com feriados leva a :

- Trabalho obrigatório gratuito aos trabalhadores , ou seja o regresso aos tristes tempos do feudalismo e dos servos da gleba que tinham que prestar trabalho gratuito aos seus senhores.

- Aumento do desemprego , porque se há trabalho gratuito , os patrões não precisam de contratar mais e poderão até prescindir de parte dos seus trabalhadores.

- Degradação ainda mais da situação economica , já que os trabalhadores ainda perderão mais poder de compra.

Ou seja mais uma medida em que este governo é especialista , destruição economica e humilhação das pessoas.

Está a decorrer um concurso...
... para eleger, entre Vítor Gaspar, Miguel Relvas e Passos Coelho, o maior vigarista!
Re: Está a decorrer um concurso...
Re: Está a decorrer um concurso...
Cada vez fico mais perplexo...
Então não é que aqueles que se opõem ao Novo Acordo Ortográfico e se recusam a escrever o português segundo essa norma, esquecem-se agora de defender a "lingua de Camões"?

Como se trata do clube deles, até estão dispostos a aceitar que na ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA os documentos sejam distribuídos escritos em inglês.

... não perceberam é que o gang nem estava a pensar entregá-los, por isso o inglês. Os outros não são assim tão parvos e começam a estar fartos de tantas vigarices.
Mentirosos
Que gangue de mentirosos e deprimente esta audicao por parte do Gaspar ,o Socrates a mentir comparado com esta escumalha era uma crianca....
Estão admirados com o desmprego porquê?
Estes ministros de tanto viverem e olharem para o estrangeiro não têm a mínima ideia de como funciona o empresário português que à minima desculpa (tenha ou não reais dificuldades na sua empresa) despede, encerra tudo e vai viver dos rendimentos acumulados pela família.
Os maiores mentirosos...
a chamar mentiroso ao Ministro!

para já não mentiu, no máximo omitiu!

O PS coloca-se em bicos de pés, quando já tinha na sua posse, entregue pela porta do cavalo, cópia do documento que , na TV, claro, diz que não conhece.

O Ministro omitiu sim! Mas de documentos cujo conteúdo são inalterados, portanto já do conhecimento da Assembleia.

Só por manifesta estupidez se pensaria que o Ministro iria esconder algo que é publico em Bruxelas!

Estupidez ou má fé! E é este último o caso, claro!

Mas, enganam-se aqueles que pensam que estou a defender a "Laranjada"!

É mais do mesmo: antes a turma do Filósofo e sus muchachos; agora é a turma do seminarista (PPC) e sus hermanos.

Pena é que andem enganados os que apoiam os actuais, e os que apoiaram o governo PS, ambos MENTIROSOS e de uma falta de ética a toda a prova.

O VV. o Ministro, ainda me convenceu (e tecnicamente convence sim, goste-se ou não, é considerado tecnicamente muito bom!) no início, mas desapontou ao alinhar nas nomeações das edp, etc, lembram-se?
Aceitou a pressão do seminarista e, queimou-se aí!

Quanto ao conteúdo do assunto, diria que todos sabem que os indicadores de desemprego irão agravar-se e muito até ao final do ano, e por aí fora. Pelo que é de lamentar esta masturbação políticas que levam a efeito.
Mesmo agora está a falar o maior apoiante do Filósofo vígaro, com a lata que se lhe reconhece e devia era estar PRESO!

Por incúria, mentira e abuso!

Cpts
Cpts

Re: Os maiores mentirosos...
Re: Os maiores mentirosos...
Comentários 41 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub