Anterior
Movimento Milénio - os artigos mais vistos de novembro
Seguinte
Novas crias no zoo de Lisboa (vídeo)
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Nudistas já não podem fazer montanhismo nos Alpes (vídeo)

Nudistas já não podem fazer montanhismo nos Alpes (vídeo)

Montanhismo sem roupa nos Alpes já pode ser multado, com recurso à da lei da decência pública.

Fazer montanhismo nos Alpes pode dar multa... se o estiver a fazer sem roupa. A medida vai afetar a crescente comunidade naturista, principalmente oriunda da Alemanha, que procura as montanhas suíças para fazer trekking apenas com botas calçadas.

Embora não haja uma lei que proíba expressamente o montanhismo naturista, o Supremo Tribunal suíço decidiu que as autoridades locais podem aplicar a lei da decência pública, avança a BBC.

O tema veio a público depois de um alpinista ter sido multado em 100 francos suíços (aproximadamente €80) por ter passado sem roupa numa zona de piqueniques, onde várias famílias comiam e descansavam. O caso, que remonta a 2009, aconteceu em Appenzell, uma das zonas mais conservadoras da Suíça.

O naturista multado não cruzou os braços enquanto não viu o tema ser debatido e, dois anos depois, o tribunal decidiu que a proibição do trekking naturista não vai ao encontro da "limitação da liberdade individual", sendo portanto punível com um coima por indecência.


Veja imagens de trekking naturista



Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 84 Comentar
ordenar por:
mais votados
A correr... deixo um conselho

Aos críticos do nudismo alheio, deixo um conselho: não vejam os vídeos que acompanham esta notícia.

Poder-se-ia pensar que, detestanto ver pessoas nuas "ao vivo", não têm qualquer problema em vê-las na "segurança" da internet.

Vejam lá, não visualizem os vídeos porque isso pode fazer nal às vossas pessoas.

Principalmente à mente de certos hipócritas!
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Re: A correr... deixo um conselho
Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
teste
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Gosta de factos? Porque fica pela superfície?
Re: Gosta de factos? Porque fica pela superfície?
Re: Gosta de factos? Porque fica pela superfície?
Re: Gosta de factos? Porque fica pela superfície?
teste
Re: Gosta de factos? Porque fica pela superfície?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Re: Queria estudos? Este serve?
Imagino, aliás, que V. Exa. seja mais adepto disto
Aqui tem os estudos e as estatísticas...
Aqui tem os estudos...
Aqui tem os estudos... (prosseguindo)
Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Re: Queria estudis
Explicação
A explicação para este curioso costume é bastante simples. Os nudistas (do sexo masculino, entenda-se) apreciam bastante esta zona por causa da existência de grande quantidade de abelhas, que frequentemente lhes picam a gaita. Depois vão para casa, onde as suas nulheres chamam o médico e lhe pedem insistentemente para que este lhes alivie a dor mas deixando ficar o inchaço...
Vivam e deixem viver
"lei da decência pública"? será isto uma anedota da retrógrada Frau Merkel?
Que eu saiba essa lei não implica a prisão imediata dos corruptos q se passeiam pelas ruas e vielas daquela região a rirem-se dos concidadãos que os sustentam contra vontade... e já agora, se um (a) cidadão (a) resolvesse ir apreciar o ar puro dos Alpes em pelota, ia escandalizar quem? as abelhinhas? os coelhinhos? os esquilos? as avezinhas? até parece que os animaizinhos andam todos vestidos com farpelas do Fuhrer da moda (Karl Lagerfeld). Ou então acham q se uma vaquinha dos Alpes visse os atributos de algum nudista, o seu suposto entusiasmo ia causar ciúmes aos machos da espécie...
Lá que queiram obrigar os nudistas a usar pelo menos roupa interior quando passam por áreas com outras pessoas, até percebo, mas isto é "too much ado about nothing". Não sou nudista, jamais teria coragem, mas desde q haja respeito, por mim, podem até subir à serra da Estrela com as roupas que trouxeram ao nascer, estejam à vontade. Caramba, vivam e deixem viver.
Re: Vivam e deixem viver
Exageros.
Eu próprio já fiz nudismo, mas fazer montanhismo nu, nem deve ser muito cómodo! Até os pré-históricos se cobriam de peles.
Comentários 84 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub