108
Anterior
Trabalhadores da Rodoviária de Lisboa em greve
Seguinte
EDP: clientes lesados começam hoje a conhecer compensações
Página Inicial   >  Economia  >  Novo Código do Trabalho entra hoje em vigor

Novo Código do Trabalho entra hoje em vigor

A nova lei do Código do Trabalho, que entra hoje em vigor, inclui a redução dos feriados e das férias e a criação de um banco de horas, entre outras alterações.

O corte para metade no valor pago pelas horas extraordinárias, a redução de quatro feriados e do número de dias de férias são algumas das principais alterações à legislação laboral que entra hoje em vigor.

Naquela que é a terceira alteração ao Código do Trabalho levada a cabo pelo atual Executivo, será ainda criado um banco de horas individual e grupal, as horas extraordinárias ficam mais baratas e os trabalhadores deixam de ter direito ao descanso compensatório em dias de trabalho extraordinários.

Apesar da nova legislação ainda não ter entrado em vigor, na segunda-feira a EDP comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que vai apresentar uma proposta de novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) para ajustar salários, benefícios sociais e de saúde dos trabalhadores das empresas do grupo energético, o que preocupa as centrais sindicais - UGT e GTP.

As alterações à legislação laboral resultam dos compromissos plasmados no memorando de entendimento assinado entre Portugal e a troika (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) e decorrem igualmente do Compromisso para o Crescimento, Competitividade e Emprego celebrado a 18 de janeiro de 2012 entre o Governo português e os parceiros sociais, à exceção da CGTP.


Conheça as principais alterações:

- Criação de um banco de horas individual e grupal: O banco de horas individual permite que um trabalhador possa trabalhar mais duas horas por dia, até 150 horas por ano. No caso do banco de horas grupal, tal significa que toda uma equipa de funcionários pode ser abrangida
pela medida;

- Corte para metade no valor pago pelas horas extraordinárias: Na primeira hora extra, o valor a pagar terá um acréscimo de 25% (contra os atuais 50%) e de 37,5% nas horas seguintes (contra os atuais 70%). Caso o trabalho suplementar seja realizado ao fim de semana ou feriado, o trabalhador ganha apenas 50%, contra os atuais 100%;

- Trabalho extraordinário deixa de dar direito a descanso compensatório, que atualmente representa 25% de cada hora de trabalho suplementar (15 minutos); 

- Redução de quatro feriados: Corpo de Deus (feriado móvel), 15 de agosto, 5 de outubro e 1 de dezembro; - Encerramento das empresas nos casos de "pontes", por decisão do empregador, com desconto nas férias;

- Eliminação da majoração entre 1 e 3 dias de férias, acrescidos aos 22 dias úteis. Ou seja, os portugueses deixarão de usufruir dos 25 dias de férias anuais e passam a gozar apenas 22;

- Facilitação dos despedimentos e indemnizações mais baratas para as empresas. Mal entre em vigor a nova lei, contam-se 20 dias por cada ano de trabalho e a remuneração que serve de base ao cálculo não pode superar 20 salários mínimos;

- Empregador pode avançar com despedimentos por extinção do posto de trabalho, mesmo no caso dos funcionários contratados a prazo. É igualmente possível avançar para o despedimento por inadaptação sem que ocorram mudanças no posto de trabalho;

- Introdução de um conjunto de alterações que agilizam e facilitam o recurso à redução do período normal de trabalho ou suspensão do contrato de trabalho por motivo de crise empresarial (lay-off).


Opinião


Multimédia

Edwin. O rapaz que aprendeu a sonhar

O que Edwin sabia sobre a vida era sobreviver. Na cabeça dele não cabiam sonhos e os dias eram passados à procura de comida para ele e para a mãe e para o irmão. A fome espreitava nos cantos da barraca de palha no Quénia e ele escondia-se dela como podia - chupar as pedras era uma forma de a enganar. Mas a sorte dele mudou porque alguém viu nele outra coisa. E tudo começou numa dança. Agora, os mesmos dedos que agarravam as pedras tocam hoje teclas de um piano Bechstein. E os pés dele já não estão nus mas calçados. Com chuteiras. Primeiro no Benfica, agora no Estoril, o miúdo de 15 anos que fala como gente grande descobriu que tinha um sonho: ser futebolista. Como Drogba.

Em três quartos de hora não se esquece só a idade. "Esquece-se o mundo"

Maria do Céu dá três voltas ao lar sempre que pode. Edviges vai a todos os velórios, faz hidroginástica e sopas de letras. António dá um apoio na Igreja e nos escuteiros. Tudo é uma ajuda para passar os dias quando se tornam todos iguais. No Pinhal Interior Sul, a região mais envelhecida da União Europeia, quase um terço da população tem mais de 65 anos. Os mais velhos ficaram, os mais novos partiram.

Profissão: Sniper

O Expresso foi ver como são selecionados, que armas usam, para que missões estão preparados os snipers da Força de Operações Especiais do Exército. São uma elite dentro da elite. Um pelotão restrito. Anónimo. Treinam diariamente com um único objetivo: eliminar um alvo à primeira, mesmo que esteja a centenas de metros. Humano ou material. Sem dramas morais, dizem.

Xarém com conquilhas

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione com esta nova receita.

O que se passa dentro da cabeça dele

O que leva um tipo a quem iam amputando uma perna a regressar ao sítio onde os ossos se desfizeram, uma e outra vez, e testar os limites do seu corpo? Resposta: a busca pelo salto perfeito, que ele diz existir dentro dele e que ele encontrará mais dia menos dia. É a fé e a confiança que o movem e o levam a pular para lá do que é exigido a um campeão olímpico e mundial que não tem mais nada a provar a ninguém - a não ser a ele próprio. Este é um trabalho que publicámos em agosto de 2014, quando o saltador se preparava para os Europeus e falava das metas que tinha traçado para 2015 e 2016: mostrar que não estava acabado. Sete meses depois, provou-o no Europeu de pista coberta em Praga, onde venceu este fim de semana.

Amadeu, que aprendeu o mundo no campo e tinha o coração na ponta dos dedos

Em Portugal, a dedicação à língua mirandesa tem nome próprio: Amadeu Ferreira, o jurista da CMVM que - quando todos diziam que "era uma loucura impossível" - arranjou tempo para traduzir "Os Lusíadas", a "Mensagem", os quatro Evangelhos da Bíblia e ainda duas aventuras do Asterix para uma língua que pertence a um cantinho do nordeste português e é falada por menos de 15 mil pessoas. No final de 2014 deu ao Expresso aquela que viria a ser a sua última entrevista. Morreu no passado domingo e esta quinta-feira foi lançada a sua biografia, "O fio das lembranças", com quase 800 páginas.

Temos 16 imagens que não explicam o mundo, mas que ajudam a compreendê-lo

O júri do World Press Photo queria dar o prémio maior da edição deste ano (e talvez das edição todas) a uma fotografia com "potencial para se tornar icónica". A primeira imagem desta fotogaleria, por ser "esteticamente poderosa" e "revelar humanidade", é o que o júri procurava. A fotografia de um casal homossexual russo, a grande vencedora, é a primeira de 16 imagens de uma seleção onde há Messi desolado, migrantes em condições indignas no Mediterrâneo, a aflição do ébola, mistérios afins e etc - são os contrastes do mundo.

Vamos falar de sexo. Seis portugueses revelam tudo o que lhes dá prazer na cama

Neste primeiro episódio de uma série que vai durar sete semanas, seis entrevistados falam abertamente sobre aquilo que lhes dá mais satisfação na intimidade. Sexo em grupo, sexo na gravidez, prazer sem orgasmo e melhor sexo após a menopausa são alguns dos temas referidos nos testemunhos desta semana. O psiquiatra Francisco Allen Gomes explica ainda a razão de muitas mulheres fingirem o orgasmo. O Expresso e a SIC falaram com 33 portugueses que deram a cara e o testemunho de como são na cama. Ao longo das próximas sete semanas, contamos-lhe tudo.

Elvis. Gostamos ou não gostamos?

Ele não é consensual, mas é incontornável. Dispunha de penteado majestoso e patilha marota, aparentava olhar matador e pose atrevida. E deixou canções: umas fáceis e outras nem tanto, por vezes previsíveis e às vezes inesperadas, ora gentis ora aceleradas. E ele, Elvis, nasceu em janeiro de 1934 - há precisamente 40 anos, ao oitavo dia. Temos quatro textos sobre o artista: Nicolau Santos, Rui Gustavo, Nicolau Pais e João Cândido da Silva explicam o que apreciam, o que toleram e o que não suportam.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Desfile de vedetas

Saiba tudo sobre os modelos concorrentes ao Carro do Ano 2015/Troféu Essilor Volante de Cristal. Conheça o essencial sobre os 20 automóveis participantes nesta iniciativa, da estética, às características técnicas, do preço ao consumo. A apresentação ficará completa no dia 3 de janeiro.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

Desacelerámos a realidade para observar a euforia da liberdade

Ela, Jacarandá, é algarvia. Ele, Katmandu, é espanhol. São linces e agora experimentam a responsabilidade da liberdade: foram soltos esta terça-feira numa herdade alentejana, próxima de Mértola, eles que saíram de centros de reprodução em cativeiro. Foi inédito: nunca tinha acontecido algo assim em Portugal. Estivemos lá e ensaiámos o slow motion.


Comentários 108 Comentar
ordenar por:
mais votados
Agora,ao trabalhinho!
Sr,Jerónimo,Sr.Arménio e Sr.João Proença:vamos todos arregaçar as mangas e dar um contributo para o País sair do atoleiro!
Combinado?
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Primeiro: ACABAR com este GOBIERNO! Depois se verá
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Re: Agora,ao trabalhinho!
Horas extraordinárias
Faz algum sentido um ajuste das horas extraordinárias, pois a penalização para a empresa era demasiado elevada, implicando custos desmesurados. Por outro lado, existe também agora legitimidade total para o funcionário exigir o pagamento de todas as horas a mais, pois é prática habitual de muitas empresas solicitarem tempo de trabalho não remunerado aos trabalhadores. Se algumas compensam sempre que o trabalhador precise de tempo para tratar de assuntos pessoais, outras há que se estão nas tintas. Aconselho assim os trabalhadores a apontarem todas as horas a mais que fazem e a exigirem as mesmas, nem que seja no momento em que possam ser despedidos.
Finalmente, seria justo que em termos fiscais as horas extraordinárias não agravassem o escalão de IRS.
Re:HE não agravassem o escalão do IRS.
Re: Re:HE não agravassem o escalão do IRS.
Re: HE não agravassem o escalão do IRS.
Re: HE não agravassem o escalão do IRS.
Novo código do tabalho...
O ministro da economia é um grande cómico afirmou que com o novo código de trabalho será reduzido o desemprego porque irá haver muitas contratações novas, mas o desemprego vai subindo.. Entretanto uma jovem ficou desempregada por ter estado doente um só dia e até ter sido socorrida no hospital e por isso foi despedida, graças ao código de trabalho que o cómico defende.......

Re: Novo código do tabalho...
Re: Novo código do tabalho...
Re: Novo código do tabalho...
Re: Novo código do tabalho...
Em defesa da moral e ética política...........
Exigimos em nome do roubo do subsidio de ferias e de Natal, dos cortes salariais e demais cortes de toda a ordem, vamos fazer circular este apelo:
-Reduzir os salários de todos os cargos politicos em 50%
-Retirar todos os subsidios , abonos ou subvenções. Apenas poderão auferir o salário.
-Limitar o salário de cargos politicos ao valor de 5 salários minimos.
-Apenas poderão auferir um salário.
-Reforma para os politicos aos 65 anos de idade, como todos os outros cidadãos.

Re: Em defesa da moral e ética política...........
Re: Em defesa da moral e ética política...........
Re: Em defesa da moral e ética política...........
Re: Em defesa da moral e ética política...........
Insurreição geral pacifica
O novo código de trabalho não passa de normas encapotadas de limitar os mais elementares direitos de cidadania como a própria liberdade de expressão pondo em causa esta frágil e falsa Democracia em que vivemos. Portanto torna-se legitimo uma insurreição pacífica, pois cabe-nos a nós em conjunto zelar para que a nossa sociedade se mantenha uma sociedade da qual nos possamos orgulhar e viver em harmonia que estes governantes por razões ideológicas feudais nos estão a tirar.....
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Insurreição geral pacifica
Re: Novo Código do Trabalho entra hoje em vigor
Passos Coelho não passa de um Feitor dos tempos modernos, nomeado pelo capitalismo internacional para coordenar os varios encarregados. Um governo de capatazes. O papel que desempenha compara-se ao traidor Cristovão de Moura no tempo do dominio dos Filipoes de Espanha. Quem rodeia ou apoia o traidor Cristovão de Moura de hoje (Passos Coelho) está a fazer como os grandes Donatários do tempo dos Filipes apoiando a venda do Reino a Castela para garantirem os seus previlegios. Enquanto no Parlamento muitos vão calculando os anos que faltam para assegurar as mordomias submetendo-se ao Feitor e restantes capatazes e isto sem esquecer o Feitor-Mor....Mas como a Historia nos ensina, aparecem sempre homens corajosos que correm com estes oportunistas e parasitas...que com o novo código do trabalho pretendem limitar os mais elementares direitos de cidadania instalando o mêdo na sociedade....

Re: Novo Código do Trabalho entra hoje em vigor
MÃOS AO AR !!! ISTO É UM ASSALTO !!!
Os trabalhadores cercados ... foram entregando tudo ...

E o Governo, gestores e empresários ladrões foram recolhendo tudo ... e no fim brindaram com champagne ... a este grande golpe ... a este grande dia ...

Deixaram ainda uma ameaça ... "Todos calados ... que isto é para bem da competitividade ... senão vão todos despedidos ..."

Porcos !!! Ladrões !!! A roubar trabalhadores ... Porcos !!! Ladrões !!! - digo eu -
Garanto-vos
Que nem na era de Salazar se conseguia melhor, isso de trabalho de escravo já acabou, e claro que o ordenado mínimo está ao mesmo nível de qualquer país civilizado?
Srs historiadores podem-me fazer o favor de verificar se alguns membros deste governo são descendentes de Estaline?
/novo-codigo-do-trabalho-entra-hoje-em-vigor
Quem viu os debates antes das eleições entre Sócrates Ferreira Leite e Passos não se pode queixar. Tudo foi dito, só que o povão não quis acreditar. Agora aguentem-se à bronca. Sócrates era muito mau, mas este é mil vezes bem pior. Por este andar não tarda que este código seja considerado muito bom para os trabalhadores, porque se adivinha que aí venha ainda muito pior. Sempre se disse que quem não quer ter uma boa mãe se arrisca a que lhe calhe em sorte uma má madrasta.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/04/passos-coelho-ama-te.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/novo-codigo-do-trabalho-alteracoes-novo.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/04/debate-passos-coelho-socrates.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/debate-socrates-ps-ferreira-leite-psd.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/mudanca-de-fisionomia-passos-salazar.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/passos-portugal-no-bom-caminho.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/05/passos-coelho-em-contradicoes-pec-iv.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/pedro-passos-coelho-best-of-2010-2011.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/passos-1-de-abril-promete-crianca-13.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/d-januario-este-governo-e-corrupto.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/familias-falham-pagamentos-de-800.html
Equilíbrios
Esta matéria, de relacionamento entre contrários, requer uma ponderação especial.

  A versão socializante de contrato para toda a vida, é um travão ao desenvolvimento. Quem arrisca meter-se num negócio, que pode ir por água abaixo, com pessoal inadequado, desmotivado e arrogante, sabendo do cabo dos trabalhos que o empregador passará para os pôr a andar ??

A versão liberal radical de que se pode despedir por qualquer motivo, inclusive a falta de um sorriso, ou do rechaço a uma aproximação, nomeadamente no famoso acosso ???

Assunto complicado e difícil de se encontrar o ponto de equilíbrio.
Acho extemporâneo o entusiasmo do ministro e de alguns comentadores, que desejam ver tudo cor de rosa à sua frente.

Melhor aguardar, na convicção de que a força do trabalho é matéria abundante, e como tal, tem tendência a cair nas cotações......
Próximo passo
Exigir licença de porte de isqueiro.
Re: Próximo passo
A Democracia em causa
O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, afirmou hoje que a contratação coletiva resulta de uma negociação entre as confederações patronais e os sindicatos, não havendo "nenhuma legislação" em Portugal que se sobreponha ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

"Em relação à contratação coletiva o que nós reafirmamos, em particular no dia em que entra em vigor o novo Código do Trabalho, é que não há nenhuma legislação neste país que se possa sobrepor à contratação coletiva que foi livremente negociada e acordada entre as confederações patronais e as organizações sindicais", disse Arménio Carlos aos jornalistas após um encontro com o Movimento dos Trabalhadores Desempregados, na sede da Central sindical, em Lisboa.

No dia em que entra em vigor a nova legislação laboral, o sindicalista salientou que "a cada dia que passa, com esta política económica o país vai ter mais desemprego, mais desigualdades, mais pobreza", pois "o que está em marcha é uma alteração que visa reduzir os salários dos trabalhadores".
Preparem-se......
.... a "vingança" vai começar.

Infelizmente, para muitos agentes económicos (empresários principalmente) a "culpa" de todos os seus fracassos são os trabalhhadores.

Agora, com mais esta investida contra os mesmos trabalhadores (que os Governantes entendem também como principais responsáveis pela crise) seguramente que vamos assistir a múltiplos "acertos de contas".

No fundo, a economia e o sesemprego, continuarão a degradar-se enquanto uns poucos continuarão também a enriquecer à custa de muitos, agora ainda mais explorados......
Re: Preparem-se......
Re: Preparem-se......
A grande teoria da produtividade
Sera que isto vai criar postos de trabalho ou fazer das pessoas escravos?

Vai resolver o problema da economia internamente, não acho. Pode até criar postos de trabalho, mas tira poder de compra.

Isto é bom para alguns capitalistas Portugueses, que quase obrigam os seus trabalhadores a fazer hora extras, com estas leis podem meter mais algum ao bolso.
Falam de produtividade, e o que fazem muitos patroes, sacam a maior parte do lucro das suas empresas para contas pessoais, quando as cosias não deveriam funcionar assim. Se tens uma empresa tens de deixar esta ter liquidez, depois querem buscar essa liquidez ao suor do empregado. Porque a maioria só quer comer.

Fazer com que o 80% fique cada vez mais na mão de 15%.
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Emigrar
Re: Emigrar
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Re: Conversa de café...
Pouca vergonha
Aumentam-nos o trabalho e ganhamos o mesmo ou menos digam lá se isto não é um saque.
Os politicos é que são os responsaveis pela crise eles é que a deviam pagar.
Corte nos salarios, subsidios, ajudas... aos politicos
Não precisamos de tantos politicos para gerir um pais minusculo
Acabar com o cargo de presidente da republica, não serve para nada só para chular
Acabem ou diminuam com o financiamento aos partidos politicos e associações de treta que não servem para nada
Acabem com as publico privadas em que os administradores ganham fortunas e o estado esta sempre a financiar quer tenham lucros ou prejuizos
Só estas medidas faziam o estado ter uma poupança quase de 50%
reformar os politicos como já disseram, mas em vez dos 65 aos 70 esta profissão não tem nenhum desgaste, eles andam sempre até ao fim com a sede do poder
Re: Digam lá se isto não é um saque.
Re: Digam lá se isto não é um saque.
Re: Digam lá se isto não é um saque.
Re: Digam lá se isto não é um saque.
Comentários 108 Comentar

Últimas

Ver mais
Receba a nova Newsletter
Ver Exemplo

Pub