Siga-nos

Perfil

Expresso

Política

Congresso do PS aplaude de pé Guterres com Vangelis

  • 333

Marcos Borga

Desde 2000 que Guterres não pisava um palco de um congresso do PS. Agora brincou com a ausência

Helena Pereira (Texto), Sic Notícias (Vídeo)

António Guterres de novo num congresso do PS foi recebido com aplausos e todos os delegados de pé. O ex- primeiro-ministro discursou por breves instantes para desejar os “maiores êxitos a Antonio Costa” e ao PS, mas teve direito a entrada na sala com a música de sempre, de Vangelis, o hino que adotou no anos em que esteve à frente do PS como primeiro-ministro, entre 1995 e 2001. Demitiu-se na noite das autárquicas de dezembro de 2001 na sequência de um mau resultado tendo sido substituído por Ferro Rodrigues na liderança do PS no congresso imediatamente seguinte em 2002.

Foi o momento mais emotivo do dia que segue morno. Guterres brincou ainda com a sua ausência de 16 anos em congressos. Justificou-se com os 10 anos como Alto Comissário da ONU para os Refugiados. “Se as coisas correrem bem não estarei aqui de novo tão cedo”, disse referindo-se à sua candidatura em curso ao cargo de secretário-geral da ONU.

“As saudades que tinha de aqui estar”, foram as primeiras palavras que dirigiu aos congressistas. Foram pouco mais de três minutos que aqueceram a sala do pavilhão da FIL em Lisboa.