Siga-nos

Perfil

Expresso

Expresso Curto

POR Martim Silva Diretor-Executivo
11 de Março de 2017

O melhor do Expresso: A acusação a Sócrates, o texto proibido de Jaime Nogueira Pinto... e a Nobel da Literatura

Bom dia,
Sócrates, Marcelo, Jaime Nogueira Pinto, Carlos Costa, Guo Guangchang, David Hockney, Svetlana Alexievich, Eusébio, Nuno Melo, José Soares dos Santos, Jorge Buescu, Frederico Morais. Eis alguns dos nomes em destaque no Expresso deste sábado, que já está nas bancas em papel ou formato digital

1. O texto proibido de Jaime Nogueira Pinto
A conferência anulada na Universidade Nova de Lisboa foi um dos temas da semana. Porque uma conferência anulada pode parecer só uma conferência anulada mas a defesa intransigente da liberdade de expressão é uma batalha que significa muito mais que isso. A luta de fações dentro da universidade levou ao cancelamento de uma iniciativa na Nova que tinha Jaime Nogueira Pinto como orador. Sobre isso já muito se disse e escreveu (e nós ainda trazemos mais pormenores este sábado). Agora, o que verdadeiramente ainda ningué tinha mostrado e revelado era o que é que ao certo Nogueira Pinto ia lá dizer. O Expresso divulga na íntegra o texto que servia de base à conferência do professor universitário. Uma reflexão muto atual sobre a ascensão dos populismos em países como o Reino Unido, os Estados Unidos e França. Porque é que afinal os populismos estão a ganhar eleições e espaço aos países tradicionais. A ler.

2. Sócrates vai mesmo ser acusado de corrupção
Quando faltam cinco dias úteis para o fim do prazo dado pela procuradora-geral da República para a conclusão da (longa, demasiado longa) investigação na Operação Marquês, revelamos como o texto da acusação está a ser escrito a 16 mãos, como o antigo primeiro-ministro não deverá mesmo escapar a uma acusação de fraude fiscal, branqueamento e corrupção. E ainda como o Ministério Público conta ouvir Sócrates e outros arguidos ainda nos próximos dias, antes de formalizar o despacho.
Curiosidade: se pensar dar-se ao trabalho de um dia ler o processo judicial na íntegra (e é capaz de haver meia dúzia de coisas mais divertidas para fazer) saiba que à velocidade de uma página por minuto, e sem interrupções, levaria qualquer coisa como 27 dias para chegar ao fim.

3. Marcelo admite Passos como primeiro-ministro
As relações entre o Presidente da República e a direita, em particular o líder do PSD, não têm sido fáceis no último ano. Mas agora, Marcelo, em declarações ao Expresso na altura em que se assinalou o primeiro ano do seu mandato, desdramatiza e até abre portas a que Passos seja primeiro-ministro num futuro governo... consigo em Belém. Desconcertante? Sim. Eis Marcelo...
Na política desta semana vale ainda bem a pena perceber o que se passa na guerra dos costas (Carlos vs António). E ler o texto em que se explica que para tentar cumprir o défice de 2017 o governo já está a dar ordens à Administração Pública para cortar no papel e nas fotocópias...

4. Os (muitos) prós e (alguns) os contras dos corações metálicos
Outro tema da semana foi a incrível cirurgia inovadora para colocar 'corações metálicos' em doentes com insuficiência cardíaca grave. Deve ter visto as imagens que foram reveladas da operação. Temos novidades: debatemos o tema e colocamos os prós e os contras desta técnica. Por exemplo, Manuel Antunes, o líder dos transplantes cardíacos no nosso país, tem muitas dúvidas, até pelos custos elevadíssimos para o Serviço Nacional de Saúde.

5. Fundador e líder da Fosun fala ao Expresso
Guo Guangchang é seguramente um dos mais importantes empresários no nosso país. Fidelidade. Luz Saúde, BCP. Portanto, se não está familiarizado com o nome, o melhor é ficar e rapidamente. O João Vieira Pereira foi entrevistar o líder da Fosun e este conta as áreas em que quer investir ainda mais no nosso país. Entre elas está, surpreendentemente ou não, o futebol.

6. Prémio Nobel da Literatura dá entrevista ao Expresso
Não é todos os dias que temos entrevistas com um Prémio Nobel. Esta semana a conversa do José Mário Silva com Svetlana Alexievich, galardoada em 2015 com o Nobel da Literatura, faz a capa da Revista do Expresso. Svetlana, que é a cabeça de cartaz do próximo Festival Literário da Madeira, recebeu há umas semanas o jornal no seu apartamento de duas assoalhadas em Minsk, Bielorússia. Deixo-lhes o fantástico início do texto:
"À hora combinada para a entrevista, uma mulher na casa dos 60 anos entra no Sprava, um café moderno na Masherova Prospekt, em Misnk, ainda vazio ao fim da manhã. Em voz alta, pergunta: 'está aqui alguém para entrevista alguém~?', Na mesa do canto, sob um foco de luz intimista, respondemos com um sinal de mãoà pergunta, formulada de forma bizarra para quem está habituado a viver em democracia (mas não tão estranha no contexto de uma ditadura como a de Alexander Lukashenko, o homem que lidera a Bielorússia desde 1994). A mulher aproxima-se e murmura: 'quem é que vão entrevistar?' Respondemos baixinho: 'Svetlana Alexievich'. Foi o equivalente à revelação de uma senha num filme de espionagem. "Venham comigo", ordenou a mulher.

7. Produção de cereais em mínimos históricos
Cerca de 98% dos cereais que estamos a consumir em Portugal são importados. Leu bem, 98%. Comprámos mais de 700 milhões de euros em cereais lá fora. Qualquer coisa como 4 milhões de toneladas. Este é o valor mais elevado dos últimos trinta anos, e é seguramente um dado preocupante, ou pelo menos a merecer reflexão. Não se esqueça disto hoje quando estiver a tomar o pequeno-almoço ou o seu almoço, porque isto anda mesmo tudo ligado.

8. A nova vaga de imigração brasileira
Nos últimos dois anos, e os números comprovam-no, cada vez mais brasileiros escolheram Portugal para viver (facto a que a situação atual no Brasil não será alheia). Mas estes brasileiros, ao contrário de vagas anteriores, são mais qualificados e têm mais dinheiro. Chegam cansados de um Brasil violento e sem perspetivas de futuro, ao qual não querem voltar. "Brasil, és página virada, descartada do meu folhetim..." é uma excelente reportagem da Christiana Martins e da Luciana Leiderfarb, com a colaboração de vários fotojornalistas do Expresso.

9. Supervisor arrasa gestão do Montepio
Pela pena do Nicolau Santos e da Isabel Vicente chega esta história sobre banca. Mais uma. Caro leitor, prenda bem o cinto de segurança que se prepara mais uma voltinha no carrossel do terror. "A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) apresenta 'um perfil de risco de nível elevado', as suas exposições estratégicas 'não garantem uma gestão sólida' e, quanto ao risco de crédito, verifica-se 'uma consistente degradação da qualidade da carteira dos clientes'." Estas são algumas das conclusões do relatório do Banco de Portugal que revelamos esta semana.

10. Grécia, here we go again...
"Um lutador cansado e à beira do KO". É assim que a Cátia Bruno titula a sua reportagem na Grécia, onde voltou para perceber que ao fim destes anos todos de crise, e de resgates, a situação no país continua a ser tremendamente complicada. Ainda por estes dias a troika recusou transferir uma nova fatia de ajuda de cerca de 80 mil milhões e com a situação de impasse em que a Europa vive nesta altura, com várias eleições decisivas, não parece haver grande vontade política de tentar encontrar uma solução séria para a Grécia.

Além disto, temos entrevistas com Frederico Morais, Jorge Buescu, José Soares dos Santos e Nuno Melo. E olhamos para uma super-exposição de David Hockney e para o filme sobre Eusébio que aí vem.

Tudo isto é é seu, à distância de um clique ou de uma ida ao quiosque. Tenha um grande fim de semana e boas leituras.