Anterior
Sporting nega eleições antecipadas
Seguinte
FPF rejeita alargamento da I Liga
Página Inicial   >  Desporto  >   "Não podemos esperar que Ronaldo nos leve ao colo e faça 10 ou 15 golos"

"Não podemos esperar que Ronaldo nos leve ao colo e faça 10 ou 15 golos"

José Mourinho acredita que a seleção portuguesa pode brilhar no Euro-2012, mas avisa que não se pode pedir tudo a Cristiano Ronaldo, "apesar de ser o melhor jogador do mundo".
com agências |
Mourinho na festa "merengue"
Mourinho na festa "merengue" / Paco Campos/EPA

José Mourinho ainda não está de férias - a época acaba oficialmente amanhã, com um amigável no Kuwait -, mas já começa a vestir a pele de adepto comum, que irá acompanhar o Euro-2012 pela televisão.

"Portugal pode fazer bem, como fez nos últimos anos, mas isso não quer dizer que vamos ganhar. Aliás, acho que não podemos ir para lá com esse rótulo de favoritos, até porque isso poderia ser prejudicial para a nossa prestação. Temos de ir tranquilos, a trabalhar da melhor forma possível e dando sempre o melhor de nós. Mas acredito que vai correr bem", diz o treinador do Real Madrid ao "Record" de hoje.

O técnico assegura que os internacionais portugueses do Real Madrid que foram convocados - Cristiano Ronaldo, Pepe e Fábio Coentrão - estarão "em condições top" para a prova, mas que não se pode pedir impossíveis, especialmente a CR7.

"Uma coisa é o Real Madrid, outra é a seleção. Os clubes, como é normal, são melhores. Na seleção não tem o enquadramento que tem aqui e por isso não podemos esperar que nos leve ao colo e que faça 10 ou 15 golos. Isto apesar de ser o melhor jogador do mundo", explica.

"Sou um abençoado por Deus na 'Champions'"


O treinador do Real Madrid também já aponta para o próximo objetivo dos "merengues" na próxima época: a conquista do 10.º título europeu - "la decima", como dizem os madridistas.

"Sou um abençoado por Deus na 'Champions'. Apesar de ter perdido algumas meias-finais, ganhei duas taças. Alguns destes miúdos nunca o conseguiram e o Real Madrid procura a décima", disse entretanto José Mourinho ao canal televisivo do clube madrileno.  
 
Mourinho deixa a ideia de que o caminho tem sido o certo, depois da presença em duas meias-finais e que a Taça chegará dentro do próximo ano ou dentro de dois: "A obsessão não ajuda, mas sim o sonho".  
 
O treinador levou esta temporada o Real Madrid à conquista do título espanhol, mas na meia-final da Liga dos Campeões foi eliminado pelo Bayern Munique. "Temos que continuar, não podemos dormir. Voltar a trabalhar para fazer coisas boas. Divertimo-nos o suficiente nas celebrações, os jogadores estão alegres e os técnicos a trabalhar no verão", disse ainda Mourinho.  
 
O técnico destacou uma vez mais o mérito de ganhar um campeonato repleto de recordes. "São números incríveis. Se me dissessem antes que ganharia a Liga com 90 pontos e 80 golos, eu assinaria. No final, ganhámos com números históricos, bateram-se todos os recordes possíveis. O Real Madrid tem uma história enorme, mas estes miúdos vão ser conhecidos como os dos '100 pontos'", frisou.  
 
A equipa, onde alinham os portugueses Cristiano Ronaldo, Pepe, Fábio Coentrão e Ricardo Carvalho, terminou a Liga com 100 pontos e 121 golos marcados, à frente do FC Barcelona (com 91 pontos e 114 golos).  


Opinião


Multimédia

Cheesecake com manjericão e doce de tomate

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 3 Comentar
ordenar por:
mais votados
Cristiano Ronaldo leva seleção ao colo?
Se esperarem pelos gols do Cristiano, Portugal nem passa da primeira fase. Vejam o retrospecto dele: Euro 2004, euro 2008, quantos glos marcou? eliminatórias para o mundial 2010 quantos gols marcou? nenhum se não fosse o Liedson Portugal nem teria ido ao mundial. No Mundial, marcou apenas um gol ridículo por sinal.
Factos
É um facto que o ronaldo não marca golos relevantes pela selecção.

No entanto, reconheça-se que sempre se esforçou nos jogos.
Inclusive, quando a coisa corre mal, tem tendência a correr e esforçar-se ainda mais.

Portanto, é legítimo lamentar a falta de eficácia do CR pela selecção. Por outro lado estou seguro que o ronaldo é mais esforçado e trabalhador pela selecção do que qualquer dos comentadores que dizem mal dele são em qualquer actividade que façam.

Aliás, o melhor ronaldo da selecção foi em 2006, em que ele não era o reponsável nº1, jogava descontraído e chegava a ser brilhante (lembro o momento do jogo com a holanda em que o medo dele era tanto que aos 9 minutos já tinha sido agredido duas vezes)

Quando o fizeram capitão, lixaram a coisa, pois ele assume a reponsabilidade e quer resolver, mas não consegue.
tranquilidade
Eu como treinador da selecção, já disse ao Ronaldo, tens que estar tranquilo é com tranquilidade que se ganha, vê só! Eu assinei tranquilo até 2014, 620 mil por época, é com grande tranquilidade que vou ser despedido mesmo antes do final do euro, mas também fico tranquilo com 1 milhão e 200 mil euros e ainda vamos de férias mais cedo e mais tranquilos
Comentários 3 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub