Siga-nos

Perfil

Expresso

Vídeo

Ministro da Economia defende que Novo Banco deve ficar em mãos nacionais caso seja vendido

  • 333

O ministro da Economia diz que é desejável que o Novo Banco fique em mãos nacionais, caso seja vendido. Caldeira Cabral não quis, no entanto, referir-se ao cenário de nacionalização que tem sido defendido à Esquerda e já foi admitido pelo PS. Na audição sobre o Orçamento do Estado, o ministro defendeu que o importante é que a solução para o Novo Banco promova a concorrência no setor financeiro e que evite custos aos contribuintes e ao sistema.