Siga-nos

Perfil

Expresso

Meteo

Chuva dá tréguas para ouvir Lenine

  • 333

Saiba como vai estar o tempo este fim de semana. Aproveite a noite deste sábado sem chuva para ver e ouvir Lenine (CCB, em Lisboa, 21h), no âmbito do Misty Fest 2015

Carlos Paes

Carlos Paes

Infografia

Em 2013, Lenine celebrou três décadas de carreira, marca séria na vida de qualquer cantautor. O artista brasileiro esteve o ano passado em Lisboa para uma apresentação no Rock In Rio, tendo dividido o palco com Rui Veloso e Angelique Kidjo. Foi, aliás, um ano intenso para Lenine que realizou o que designou como uma “Turné Socioambiental”. Viajou para fora de portas levando o espetáculo “The Bridge”, com a orquestra holandesa de Martin Fondse, até aos Estados Unidos e Alemanha, entre outros países. E agora, Lenine foca-se no futuro e no álbum Carbono, recheado de novas canções, que está a ser preparado.

Com dez álbuns em nome próprio, Lenine é um nome de referência, estatuto confirmado com a conquista de cinco prémios Grammy Latino e nove Prémios da Música Brasileira. As suas canções foram gravadas por nomes como Elba Ramalho, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, Maria Rita, O Rappa, Zélia Duncan, entre muitos outros. Produziu também trabalhos de Maria Rita, Chico César, Pedro Luís e a Parede e do cantor e compositor cabo-verdiano Tcheka, além de bandas sonoras para novelas, series de televisão, filmes, espetáculos de dança e teatro. Quem já o ouviu cantar êxitos como “Paciência” (parceria com Dudu Falcão), “Jack Soul Brasileiro” ou “Hoje eu quero sair só” não lhe nega os aplausos que de facto merece.

(Fonte: www.viralagenda.com/pt)