Siga-nos

Perfil

Expresso

Chef Tiger

Chef Tiger. Quem o feio ama, em tornedó lhe apetece

Mar e terra. Pequenas ilhas verdes num oceano quente de risoto. O tamboril nada tranquilo e traz para a mesa o presunto e a memória das serras e do fogo que arde na lareira. Nunca os dois mundos pareceram tão ligados. Haja linha…

INGREDIENTES

• 2 lombos de tamboril (aproximadamente 900 grs)
• 600 grs de arroz para risoto
• 400 grs de ervilhas congeladas
• 2,5 L de caldo de legumes
• 16 fatias finas de presunto
• 2 cebolas pequenas
• 1 dente de alho
• 1 limão pequeno
• 1 colher (de sopa) de manteiga
• Tomilho fresco q.b.
• Azeite, sal e pimenta q.b.

PREPARAÇÃO

Amanhe o tamboril e retire a cabeça. Separe os lombos da espinha dorsal. Corte-os em oito nacos.

Enrole cada um com presunto, tempere com pimenta e ate-os. Reserve.

Num tacho junte uma cebola e o alho picados com um pouco de azeite e refogue. Adicione as ervilhas e o caldo de legumes e aromatize com um ramo de tomilho fresco. Deixe cozinhar aproximadamente 15 minutos. Reserve.

Num outro tacho, refogue a outra cebola também picada. Junte o arroz. Mexa e adicione um pouco de caldo de legumes, repetindo a operação sempre que o caldo secar. Perto do fim da cozedura, adicione as ervilhas, retifique os temperos e junte o restante caldo. Finalize com a colher de sopa de manteiga, envolvendo bem.

Salteie os nacos de tamboril numa frigideira com um pouco de azeite, em lume forte. Retire-os, coloque-os num refratário e asse-os no forno pré-aquecido na temperatura máxima, cerca de 10 minutos.

Retire o fio e fatie cada peça de tamboril em três partes. Volta ao forno por mais 5 minutos. Regue com sumo de limão, aromatize com pimenta e acompanhe com o risoto e pequenos rebentos de tomilho.

Para imprimir a receita desta semana abra aqui o ficheiro PDF.

As receitas surgem semanalmente, pensadas nas manhãs de sábado a deambular pelo mercado. Deixo aos meus humanos a responsabilidade da escolha dos ingredientes enquanto me entretenho a observar toda aquela profusão de cores e texturas. Inebriam-me os aromas do pão acabado de sair do forno, das frutas tropicais, dos peixes, dos crustáceos e dos bivalves que me relembram que o mar, afinal, está ali tão perto… O regresso a casa significa mergulhar na ideia do dia e criar algo que poderá, ou não, sair bem. É sempre um desafio mas com a certeza de que o produto final será objeto de momentos de degustação plena.

O chef Tiger está no Facebook e no Instagram. Siga este adorável cozinheiro de quatro patas e seja dos primeiros a saber sempre que é publicada uma nova receita.