Siga-nos

Perfil

Expresso

Fotogaleria

Fotogaleria: Portugueses caça piratas

Portugal comanda a primeira força naval da NATO que vai combater os novos corsários que infestam as costas da Somália. A operação insere-se numa missão mais vasta, que há-de levar a frota liderada pela fragata "Corte-Real" até à Austrália, numa expedição inédita da Organização Atlântica. 

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

O contra-almirante Pereira da Cunha, que comanda a força naval permanente da NATO
1 / 15

O contra-almirante Pereira da Cunha, que comanda a força naval permanente da NATO

Em Souda Bay, em Creta, foi o último dia em terra antes da frota zarpar para um périplo que ao todo durará cinco meses
2 / 15

Em Souda Bay, em Creta, foi o último dia em terra antes da frota zarpar para um périplo que ao todo durará cinco meses

Mesmo com o navio parado, tem de haver sempre alguém na sala de controlo das máquinas. Desta vez, é o 1º marinheiro Catronas
3 / 15

Mesmo com o navio parado, tem de haver sempre alguém na sala de controlo das máquinas. Desta vez, é o 1º marinheiro Catronas

Durante a paragem em Souda Bay, há que aproveitar para encher os frigoríficos: a “Corte-Real” não vai aportar antes de 45 dias
4 / 15

Durante a paragem em Souda Bay, há que aproveitar para encher os frigoríficos: a “Corte-Real” não vai aportar antes de 45 dias

Uma fila de homens e mulheres assegura que meia tonelada de frangos, outro tanto de arroz, sacas e sacas de frutas e legumes, entre no navio
5 / 15

Uma fila de homens e mulheres assegura que meia tonelada de frangos, outro tanto de arroz, sacas e sacas de frutas e legumes, entre no navio

Ainda não são quatro da tarde e já o cozinheiro Horácio Marramaque está de volta com os tachos do jantar
6 / 15

Ainda não são quatro da tarde e já o cozinheiro Horácio Marramaque está de volta com os tachos do jantar

O cozinheiro já tinha avisado: naquele dia, a ementa era “ragoût para os oficiais, jardineira para os sargentos, carne guisada com batatas para os praças”
7 / 15

O cozinheiro já tinha avisado: naquele dia, a ementa era “ragoût para os oficiais, jardineira para os sargentos, carne guisada com batatas para os praças”

O cabo artilheiro João Cameirão é, aos 48 anos, o mais antigo tripulante no navio: 27 anos de Marinha, “a vida é boa”
8 / 15

O cabo artilheiro João Cameirão é, aos 48 anos, o mais antigo tripulante no navio: 27 anos de Marinha, “a vida é boa”

Junto à “Corte-Real” está o colosso espanhol “Blas de Lezo”, uma fragata que parece um destroyer. Em Creta, realizou-se a cerimónia oficial de recepção à força naval
9 / 15

Junto à “Corte-Real” está o colosso espanhol “Blas de Lezo”, uma fragata que parece um destroyer. Em Creta, realizou-se a cerimónia oficial de recepção à força naval

O contra-almirante Pereira da Cunha e, atrás, o comandante da “Corte-Real”, o capitão-de-mar-e-guerra António Gonçalves Alexandre
10 / 15

O contra-almirante Pereira da Cunha e, atrás, o comandante da “Corte-Real”, o capitão-de-mar-e-guerra António Gonçalves Alexandre

No final do dia, a cerimónia tradicional do arrear da bandeira. Realiza-se ao mesmo tempo em todos os navios, quando o Sol se põe
11 / 15

No final do dia, a cerimónia tradicional do arrear da bandeira. Realiza-se ao mesmo tempo em todos os navios, quando o Sol se põe

É já noite, mas ainda se trabalha. No navio, nunca se está parado
12 / 15

É já noite, mas ainda se trabalha. No navio, nunca se está parado

Findas as tarefas, noite já alta, cuida-se do físico no hangar, o único espaço disponível: “Vão ser cinco meses enfiado num navio, a mulher depois reclama”
13 / 15

Findas as tarefas, noite já alta, cuida-se do físico no hangar, o único espaço disponível: “Vão ser cinco meses enfiado num navio, a mulher depois reclama”

Para os fuzileiros a bordo, cuidar do físico é tarefa diária
14 / 15

Para os fuzileiros a bordo, cuidar do físico é tarefa diária

15 / 15