Siga-nos

Perfil

Expresso

2:59 para explicar o mundo

De onde vem o dinheiro e o poder da princesa de África?

  • 333

É uma das maiores empresárias em Portugal. Está a ganhar força política em Angola. Lidera grandes empresas de sectores estratégicos nos dois países. Mas permanecem grandes dúvidas sobre a origem do financiamento e incógnitas sobre o seu poder futuro. Isabel dos Santos, em dois minutos e 59 segundos

Anabela Campos

Anabela Campos

Guião

Jornalista

João Carlos Santos

João Carlos Santos

imagem

Fotojornalista

Joana Beleza

Joana Beleza

realização

João Roberto

João Roberto

grafismo animado

Motion designer

  • 2:59 para explicar o mundo: petróleo barato, gasolina cara?

    Desde o verão de 2014 que a cotação do petróleo está em forte queda. E os preços de venda dos combustíveis, caíram tanto? Entre impostos e lucros de gasolineiras, como se reparte a receita da gasolina com que abastecemos os automóveis? Este é o ponto de partida para o primeiro episódio do 2:59, um novo programa de jornalismo de dados em webvídeo do Expresso que decifra fenómenos da atualidade em dois minutos e 59 segundos

  • 2:59 para explicar o mundo: como os bancos destruíram €40 mil milhões

    Numa altura em que o Governo prepara mais impostos para a banca e arranca uma comissão de inquérito ao Banif, o Expresso mostra como os bancos passaram de lucros a prejuízos – e como os contribuintes já os apoiaram com mais de 20 mil milhões de euros, em aumentos de capital e empréstimos de que só foram recebidos 4,5 mil milhões. E falta ainda fechar as contas no BPN e no Novo Banco, receber dívidas do BCP e subir o capital da CGD. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para compreender o mundo

  • 2:59 para explicar o mundo: o erro que tirou as eleições mas deu o Governo a Costa

    O mapa eleitoral de Portugal mudou com as últimas legislativas, das quais resultou uma separação entre esquerda e direita mas também uma alteração da configuração da esquerda. O PS foi “derrotado” e a coligação de direita ganhou. Mas o que se percebe nos estudos pós-eleitorais do Instituto de Ciências Sociais é que o comportamento dos eleitores foi influenciado pela perceção económica, como se vê cruzando indicadores económicos com as intenções de votos. O Expresso mostra como o chamado “voto económico” ajudou a decidir as legislativas. E como isso influenciou a campanha de António Costa. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para compreender o país e o mundo

  • 2:59 para explicar o mundo: o presente envenenado do Orçamento do Estado

    A carga fiscal estabiliza mas, em valor, o Estado cobrará este ano mais impostos do que nunca. Porquê e para quê? Pensionistas, trabalhadores, funcionário públicos... quem ganha e quem perde? Porque pagamos tantos juros, se a taxa média a que o Estado está a pagar a dívida é até a mais baixa de sempre? E se o Orçamento derrapar? Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para compreender o país e o mundo

  • 2:59 para explicar o mundo: e esta dívida paga-se?

    Dívida, dívida, dívida. Há anos que o tema não sai das nossas vidas: é a dívida do Estado, a dívida das famílias, a dívida pública, a dívida privada. Sabia que a dívida somada de todos os países do globo é três vezes maior que o PIB total do planeta? E Portugal, como está Portugal? Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para compreender o país e o mundo

  • 2:59 para explicar a bola: por que razão o Sporting é mais forte contra o Benfica

    O lendário treinador Bill Shankly dizia que o futebol não era uma questão de vida ou de morte, que era muito mais do que isso. E é por isso que o futebol, que tem tanto de racional como irracional, de objetivo e subjetivo, abre uma caixinha de surpresas, de Pandora e de comentários quando se quer desconstruí-lo. Nestes dois minutos e cinquenta e nove segundos, oferecemos uma explicação para o dérbi deste sábado entre o Sporting e o Benfica, baseada em números de uma época que ainda decorre e baseado em cálculos feitos através de amostras que são necessariamente diferentes: os jogos de Sporting e Benfica contra os clubes mais pequenos; os jogos de Sporting e Benfica contra os grandes. Os dados são da Wtvision, a empresa responsável pelas estatísticas da Liga, e mostram-nos as diferenças, ténues ou gritantes, nos comportamentos do Sporting e do Benfica – e é com estes dados que concluímos que os leões estão feitos para grandes jogos e as águias para jogos menos intensos. Obviamente, toda esta análise mudará se, por exemplo, Jonas fizer o que não fez este ano (um golo aos grandes). Mas bola é bola e cá estaremos para discuti-la – antes, durante e depois do jogo

  • A gestão da crise de refugiados vai acabar com a Europa que conhecemos?

    Será a União Europeia capaz de chegar a acordo? A entrada de mais de um milhão de refugiados desde o verão passado pôs Bruxelas à prova. Entre reações de solidariedade e de resistência, os Estados-membros parecem esquecer que a Europa tal como a conhecemos se fundou em valores. A desunião já acabou com a livre circulação e a suspensão do Acordo de Schengen faz temer o que venha a seguir. E quem será responsável se o cumprimento dos direitos humanos ficar comprometido? Um trabalho sobre a crise dos refugiados. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para compreender o país e o mundo

  • No parlamento, o tamanho conta?

    Será que temos deputados a mais na Assembleia da República? Será que se justifica mantermos 230 parlamentares ou o número devia ser reduzido para 180? O que ganhávamos (e o que podíamos perder) com essa diminuição? A análise em dois minutos e 59 segundos, jornalismo de dados para explicar o mundo

  • Os números que provam que há doentes mais iguais que outros

    O Serviço Nacional de Saúde garante cuidados iguais a todos os portugueses? A região do país determina a qualidade do tratamento? Esperamos todos o mesmo ou alguns de nós têm o médico mais perto? As respostas em dois minutos e 59 segundos, jornalismo de dados do Expresso

  • Como meio mundo anda a roubar o outro meio

    Imagine um empresário, um banqueiro, um advogado e um amigo. E veja como o dinheiro de vários negócios lícitos e subornos ilícitos entra e sai do circuito legal. Mesmo em Portugal. Os Panama Papers estão a denunciar práticas globais de ocultação de dinheiro e património, numa investigação jornalística internacional de que o Expresso é parceiro. Numa versão alargada do 2:59, o programa de jornalismo de dados do Expresso, veja como os dinheiros entram e saem do circuito legal

  • Os donos da banca: como ficámos dependentes de espanhóis e angolanos

    Na semana do acordo de separação entre Isabel dos Santos e o La Caixa para o BPI, e depois da venda do Banif ao Santander, o Expresso analisa o controlo acionista dos bancos em Portugal. O debate político tem como o centro a “espanholização” e a “angolanização” da banca. E está em curso. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Costa e Marcelo: boas abertas mas com possibilidade de trovoadas

    Marcelo está em alta e as sondagens provam-no. E há outras boas-novas: a relação com Costa é de céu limpo e passarinhos, mas como será quando as nuvens negras (que as há) chegarem (e elas chegarão)? A história mostra-nos que os presidentes começam sempre em alta - sim, incluindo Cavaco - mas que é nas dificuldades que a popularidade e as relações Belém/São Bento tombam. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • É mesmo uma treta apostar nas exportações?

    Há várias formas de fazer com que a economia cresça. O atual Governo, com o apoio dos partidos de esquerda, defende que a devolução dos rendimentos gera uma onda de consumo interno que vai colocar o PIB outra vez no caminho do crescimento sustentado. Mas será que essa receita funciona para uma economia pequena como Portugal? A líder do Bloco de Esquerda diz que sim e que o plano de aposta nas exportações é uma treta. Será assim? A resposta está nos números. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Como a esquerda está a impor a agenda fraturante

    Adoção gay, aborto, procriação medicamente assistida, barrigas de aluguer, mudança de sexo, prostituição, eutanásia. Temas fraturantes que dividem a sociedade. O que a maioria de esquerda já mudou e pode vir a mudar. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Os festivais portugueses são os melhores e os mais baratos

    A época dos festivais começa esta quinta-feira com o Rock in Rio. Depois ainda há NOS Alive, NOS Primavera Sound, MEO Sudoeste, MEO Marés Vivas, Vodafone Paredes de Coura e dezenas de outros eventos que fazem o verão do nosso contentamento. Estes festivais são melhores ou piores que os de lá de fora? Vamos aos factos: os melhores artistas em digressão passam todos por cá e os bilhetes são os mais em conta. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Quem lidera a oposição: PSD ou CDS?

    Nem sempre as perguntas mais simples têm as respostas mais evidentes. Ser-se o maior partido não significa, necessariamente, ser o mais ativo. Ou significa? Os números não nos deixam mentir, mas no mundo sinuoso da política nem a matemática é linear. E fazer oposição tem que se lhe diga. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Hillary vs. Donald, o duelo que se anuncia

    Salvo surpresa de última hora (e já vamos ver como ela poderia surgir), a disputa pela Casa Branca vai pôr frente a frente, em novembro, Hillary Clinton e Donald Trump. Com que credenciais se apresentam os candidatos democrata e republicano, respetivamente? A mês e meio das convenções partidárias que os deverão entronizar, explicamos-lhe em menos de três minutos o que é de esperar das presidenciais norte-americanas. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • A Finlândia é um país do sul

    O país da Nokia, que dava lições à Europa do Sul, prova agora do remédio amargo que recomendou aos povos mediterrânicos: cortes, cortes e mais cortes. E, dizem, a culpa é da moeda única. O que fazer? Um referendo para sair do euro. Partidos radicais da esquerda de países do sul não diriam melhor. Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Como os animais vão deixar de ser coisas

    Estamos a ter mais animais de estimação do que bebés. E os seus direitos estão a tornar-se cada vez mais uma preocupação. Sabe que vem aí um tipo de criminalização nova para quem maltratar animais? Sabe que pode ficar proibido de ter um animal durante 10 anos? Sabe os benefícios fiscais que pode ter? Jornalismo de dados em dois minutos e 59 segundos. Para explicar o mundo

  • Brexit ou Bremain: qual dos medos vai ganhar?

    A campanha do referendo chega ao fim e as sondagens não são capazes de anunciar um vencedor. O que falará mais alto: o medo da imigração e das fronteiras abertas, explorado por quem deseja o Brexit, ou o medo das perdas económicas que a saída acarretaria, enunciado pelos defensores do Bremain? Certezas só há uma: a Europa que conhecemos não será a mesma depois desta quinta-feira. Explicamos em dois minutos e 59 segundos como chegámos a um dos dias mais importantes da nossa vida europeia