Siga-nos

Perfil

Expresso

Multimédia

Última chamada para o comboio do futuro

  • 333

Acabaram-se as viagens no SATU de Oeiras. O monocarril deixou de funcionar este domingo. Para sempre.

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Onze anos depois de uma inauguração cheia de pompa, o SATU, "o transporte do futuro", chega ao fim. Foram mais de 40 milhões de euros acumulados e uma mão cheia de promessas nunca cumpridas.

Mas a polémica está longe de terminar. Este domingo, dia em que o monocarril deixou de funcionar, desenrolou-se um protesto à porta de uma das três estações: são moradores de Oeiras que querem que o SATU tenha uma segunda vida. Garantem que aquele meio de transporte - apelidado de "comboio fantasma" por ir quase sempre vazio - pode ser essencial para as suas vidas.


* Reportagem de Hugo Franco