Anterior
Barcelona vence Real Madrid por 2-0 (fotogaleria)
Seguinte
Direção do Barcelona reúne-se hoje para analisar Mourinho
Página Inicial   >  Desporto  >   Mourinho: "Se digo o que penso a minha carreira termina hoje" (vídeo)

Mourinho: "Se digo o que penso a minha carreira termina hoje" (vídeo)

Mourinho deixou duras críticas ao árbitro Wolfgang Stark e ao "poder" do Barcelona e diz que o mundo do futebol às vezes lhe dá "asco".
Lusa |
Mourinho viu o final da partida na bancada
Mourinho viu o final da partida na bancada / Sergio Perez/Reuters
José Mourinho deixou duras críticas ao alemão Wolfgang Stark, que arbitrou a primeira mão da meia-final da Liga dos Campeões de futebol em que o Real Madrid perdeu com o Barcelona (2-0), admitindo que a eliminatória está perdida. 

"Se lhe digo a ele (ao árbitro) e à UEFA o que penso e o que sinto, termina hoje a minha carreira. Como não posso dizer o que sinto, deixo uma pergunta: porquê?", questionou o treinador português do Real Madrid, que foi expulso do banco, por protestar o cartão vermelho mostrado a Pepe, aos 61 minutos. 

"Um escândalo"


Um porquê que, disse, rodeia muitas das passagens do Barcelona na Liga dos Campeões, pois na sua opinião houve "um escândalo" no Estádio Santiago Bernabéu que impedirá os catalães, se vencerem, de conquistar uma "Liga dos Campeões limpa". 

"Espero que um dia tenha a resposta. Porque é que uma equipa (Barcelona) desta dimensão, uma fantástica equipa de futebol, necessita de uma coisa óbvia que todos veem?", perguntou, referindo-se a vários casos que considera terem beneficiado os catalães. 

"O futebol é para se jogar com regras iguais para todos. Depois, que ganhe o melhor, quem merece. Hoje empatávamos 0-0 e no segundo jogo o Barcelona ganhava. E com mérito, e não haveria mal nenhum", afirmou. 

Real Madrid está eliminado, diz Mou


Na sua opinião, o jogo equilibrado transformou-se num jogo polémico, que deixa dúvidas a que "só o árbitro pode responder". 

Mourinho deixou duras críticas a vantagens arbitrais de que o Barcelona beneficiou em edições anteriores da competição e considerou que este ano, com o Madrid, "não foi possível fazer o milagre do ano passado, com o Inter".

"Sim [o Madrid] está eliminado. Vamos lá (a Barcelona) com todo o orgulho, com todo o respeito pelo nosso mundo, que é o futebol, mas que algumas vezes me dá um pouco de asco, viver e ganhar a minha vida neste mundo", disse.

Sem Pepe, sem Ramos e sem Mourinho


"Vamos sem Pepe, que não fez nada, sem Sérgio [Ramos] que não fez nada, sem o treinador. Com um resultado praticamente impossível de recuperar. E se fizermos um golo lá e deixarmos a eliminatória um pouco aberta, matam-nos outra vez", afirmou. 

Afirmando desconhecer os motivos da sua própria expulsão e insistindo que "ao árbitro não disse nada", Mourinho afirmou que continua sem entender a expulsão a Pepe e o amarelo que afastou Sérgio Ramos da segunda mão. 

"E se gente do Barcelona é honesta, sabe perfeitamente que ganhar assim não tem o mesmo sabor", disse. 

"Champions que a mim me daria vergonha de ganhar"


Depois, voltou a atacar Josep Guardiola, treinador do Barcelona, afirmando que o técnico catalão "é fantástico" mas ganhou uma Liga dos Campeões "depois de um escândalo" em Stamford Bridge, referindo-se à meia-final de 2009, com o Chelsea. 

"Eu ganhei duas 'Champions'. E as duas no campo. E com duas equipas que não eram o Barcelona. O Josep Guardiola é um treinador fantástico de futebol. Mas ganhou uma 'Champions' que a mim me daria vergonha de ganhar, com o escândalo de Stamford Bridge. E se este ano ganhar a segunda, é com o escândalo do Bernabéu", afirmou. 

"O Barcelona merece que o Guardiola ganhe uma dentro da normalidade",disse ainda. 


Veja vídeo SIC:

Opinião


Multimédia

Lombinho de porco com broa e batata a murro

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 25 Comentar
ordenar por:
mais votados
É triste no que o futebol se tornou!!!!
O Barcelona pode até ter uma equipa muito forte com um sistema de jogo bem oleado e estruturado atendendo à manutenção da espinha dorsal da equipa mas isso não justifica o que se passou em campo!

O que eu vi foi uma enorme dualidade de critérios do árbitro, uma pressão dos jogadores do Barcelona ao árbitro incrível e um circo imenso quando sofrem árbitros numa tentativa incrível de condicionar os árbitros. Tudo isto começa a causar um forte fastio!

Estes senhores quando sentem sérias dificuldades em ultrapassar os seus adversários pressionam os árbitros e entram num jogo de circo e de fita incrível! Aconteceu isso contra o Arsenal e a meia-final que o Mourinho fala contra o Chelsea foi dos maiores escândalos que já presenciei!

Este Barcelona tem uma equipa fantástica mas a ser ajudada desta forma não merece a posição que ocupa na Liga dos Campeões!!

Aos senhores da UEFA digo: Tenham vergonha!! Não matem o futebol!!!
Re: É triste no que o futebol se tornou!!!!
Re: É triste no que o futebol se tornou!!!!
"BANHO DE BOLA"
Levou um banho de bola e o resto são milhões ...acontece aos melhores.
Mas ainda faltaam 90 minutos para provar o génio.
Kácus
Haja clarividência
Mourinho é um fenómeno, não contesto. Mas ainda não encontrou o antídoto para travar esta máquina do Barça. Entregar o meio-campo e deixar que o Barça teça aquela teia de passes até que o génio de Messi encontre o buraco da agulha para entrar na área e fazer golo, ou meta a bola de mansinho à frente de um companheiro que também o fará, é um suicídio. Mourinho tem jogadores de altíssima categoria para discutir o jogo palmo a palmo com qualquer adversário. Higuain é um goleador nato mas fica no banco; Kaká, idem; Benzema, ibidem. Então o que espera Mourinho? Que um rasgo individual de Di Maria ou Ronaldo dê em golo? Mourinho tentou aplicar no Real os esquemas táticos de Inglaterra. Ainda teve sucesso em Itália. Em Espanha não resulta. Não vale a pena queixar-se doa árbitros, ainda que tenha razão no exagero do vermelho a Pepe e do amarelo a Ramos. Depois fez a borrada de, ele próprio, ir discutir com o 4.º árbitro. Todos sabemos no que isso resulta. Com toda a sinceridade, se eu fosse um adepto do Real, hoje estaria muito triste e zangado com Mourinho.
Re: Haja clarividência
Re: Haja clarividência
Re: Haja memória ...
O problema de Mourinho
Mourinho tem um difícil problema no auge da sua carreira profissional, o melhor FC Barcelona de sempre.
Tudo indica que a sua estratégia consistia em segurar o zero a zero em Madrid e tentar marcar um golo em Barcelona. Acontece que o FC Barcelona tem quase sempre a posse da bola e é muito complicado contrariar o seu jogo sem fazer multiplas faltas. O risco de cartões é altíssimo e Pepe não é propriamente um rapaz meigo a jogar à bola. Pode parecer exagerado o cartão mas só o facto de Dani Alves ter fugido a tempo com a perna impediu que Pepe lhe fizesse um estrago brutal.
Quanto a Mourinho, vendo cair a estratégia por terra, praticamente fez-se expulsar para não ter que passar por mais uma vergonha em Barcelona e acabou a fazer uma declarações para distrair as atenções. Foi um exagero e pode ser o princípio do fim de Mourinho no Real Madrid.
Aí vai mais um
Mais uma vez o Barcelona superior ao adversário. O que acho estranho, é que, já contra o Arsenal, só é superior quando joga contra 10.

Táctica muito bem montada de Mourinho. Empatava 0-0 sem problemas (se não fosse a expulsão) e metia um golo fora.

A UEFA mete-me nojo.

Já agora, ninguém viu a agressão(cotovelada) que o "melhor jogador do mundo" fez ? Pergunto-me porque não foi expulso também.
flashback
Este Barça ás vezes faz lembrar os tempos em que arbitravam Carlos Calheiros, Veiga Trigo e Francisco Silva... quando o adversário dava luta era inevitável que acontecesse uma combinação destas 3; expulsão de um ou mais adversários, penalty para o Demol, livre directo para o Branco ou Geraldão...
Será que também fica tudo impune caso venha para conhecimento público as conversas entre dirigentes do Barça e Responsáveis máximos da UEFA?
Re: flashback
Tanta contradição
Aiiii, tanta contradição da parte do Mourinho!!! Se pretende um jogo limpo, pois que faça o necessário para que os jogadores não cometam tantas faltas! Agora quem tem a culpa disto tudo, segundo ele, é o árbitro e a UEFA... Só gostaria de saber o que dirá quando o Barça ganhar a liga??!!
RM/Barcelona
Mourinho pode ter alguma razão. Pepe andava a pedi-las e
acabou por lhe acontecer, embora o vermelho seja claramente exagerado. Deu para perceber a angústia de Mourinho, perante a expulsão de Pepe , considerando que
o jogador estava a ser um elemento importante a travar a
organização ofensiva do Barcelona. Efectivamente, o Barcelona poderia dispensar essa "ajuda" do árbitro e aquele teatrinho aparvalhado de alguns jogadores, profissionalmente desonestos, que ao menor toque, parece
terem sido agredidos mortalmente. Até parece que leram a
cartilha portuguesa:"como fingir uma agressão".
Para além de todas as considerações, como equipa, o Barcelona é uma máquina de jogar futebol e quem tem Messi, tem tudo. Deu para ver a diferença.

"O mundo da bola"...
....
é um cancro para a sociedade!

O futuro ó dirá.
Re:
Re: Também... Falsos Moralismos, também
Para algo diferente...
Para algo diferente, mas de novo à porta da Ginginha do Rossio:
http://muitosuave.blogspo...
Banho de bola...
O homem leva um banho de futebol, só vi uma equipa a jogar essa espécie de desporto e depois agarra-se a uma expulsão que de facto é exagerada mas é o acumular das anteriores faltas cometidas e se tiverem o jogo gravado numa antrior falta que dava amarelo a PEPE e não o mostra e avisa o brasileiro verbalmente. O que lhe terá dito não sei mas que só vi uma equipa jogar futebol mesmo quando estavam 11 contra 11 não tenho dúvidas. Tem a escola toda.....desde o túnel ao relvado...!
Re: Banho de bola...
Mourinho
Tanta preocupação com os "mindgames", para falhar nos "fieldgames".
Mourinho e a carreira dele
Como pode um técnico que se diz o special one ter apenas trinta por cento de posse de bola? Como pode um técnico que se diz o special one dizer que a sua equipe já está eliminada só porque perdeu de dois a zero? É assim que ele motiva os seus jogadores? Nunca em toda a minha vida vi um técnico tão chorão como esse. Reclama dos àrbitros, dos adversários, do calendário, sei lá que mais. Ele teve sorte em ter terminado só com 10 pois o Marcelo fez uma falta criminosa no Pedro e nem cartão amarelo levou. Esse senhor tem em mãos uma das melhores equipes do mundo e só joga à defesa. Em minha opinião, isso desmotiva os próprios jogadores. Nunca vi um técnico tão retranqueiro. Parabéns para o Guardiola que deu um nó tático nesse senhor. Outra coisa: Mesmo que o Real tivesse quinze jogadores, perderia do mesmo geito pois o Messi fez o segundo gol passando por cinco do Real.
Re: Mourinho e a carreira dele
Re: Mourinho e a carreira dele
GRANDE BARÇA/CATALUNHA!!
Barça 71% posse de bola. O Barça assemelha-se a uma orquestra bem afinada, e Messi, simplesmente o maestro. O seu jogo roça a perfeição. O resto é inveja, e dificuldade em digerir a superioridade do adversário dentro do campo. Barça versus Manchester, uma final que dignifica a liga dos campeões, onde os melhores se encontram na final. O resto é música!!!!
Comentários 25 Comentar

Últimas


Pub