20 de abril de 2014 às 12:24
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Morte de jovem na maratona de Londres gera onda de solidariedade

Morte de jovem na maratona de Londres gera onda de solidariedade

Claire Squires morreu antes da meta, correndo para arrecadar fundos para uma instituição.  

Liliana Coelho (www.expresso.pt)
Reprodução da foto de perfil do Facebook da jovem Reprodução da foto de perfil do Facebook da jovem

A morte de uma jovem britânica na maratona de Londres, no passado domingo, está a gerar uma enorme onda de solidariedade a favor da instituição para a qual Claire Squires estava a correr.  

De acordo com o "MailOnline", Claire Squires, 30 anos, estava quase a chegar à meta da corrida, próximo do St. James Park, em Londres, quando desmaiou e teve morte súbita. Os médicos no local ainda tentaram salvar-lhe a vida, sem sucesso.  

Cabeleireira de profissão, Claire participava na Maratona para angariar dinheiro para uma instituição de solidariedade social - Os Samaritanos , que visa ajudar pessoas depressivas e com tendências suicidas, onde a mãe já era voluntária há duas décadas.

Além disso, a prova também servia de homenagem ao irmão da jovem, que morreu de overdose, aos 25 anos, depois de a namorada ter falecido num acidente de viação.

Instituição lamenta morte trágica


O acontecimento trágico desencadeou uma enorme campanha de solidariedade na Internet a favor da instituição. Os donativos não param de subir, fixando-se atualmente nos 257 mil euros (210 mil libras).

A instituição já lamentou a morte da jovem e agradeceu os crescentes donativos das pesoas.

"Estamos devastados pela morte trágica de Claire Squires, a atleta que correu por nós na maratona de Londres, no domingo. Estamos também profundamente tocados pelo enormes apoios que temos recebido", pode ler-se no site da instituição.  

O resultado da autópsia deve ser conhecido nos próximos dias.  

Comentários 3 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Esperemos que o dinheiro chegue a quem precisa
E que não haja nenhum "atleta" a fugir com ele para uma meta longínqua.

Era o risco cá em Portugal...
Re: Esperemos que o dinheiro chegue a quem precisa Ver comentário
Re: Morte de jovem na maratona de Londres gera ond
O desporto pode, e tem matado, as pessoas é que pensam que só dá saúde!
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub