24 de abril de 2014 às 5:48
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Morreu Diogo Vasconcelos

Morreu Diogo Vasconcelos

Ex-vice presidente do PSD e actual diretor da Cisco Systems em Londres faleceu esta quinta-feira à noite. Tinha 43 anos.
Micael Pereira (www.expresso.pt)
Morreu Diogo Vasconcelos Luís Fasutino

Diogo Vasconcelos, um dos vice-presidentes do PSD no tempo de Durão Barroso e mandatário digital da campanha eleitoral de Cavaco Silva nas últimas eleições presidenciais, morreu esta quinta-feira à noite, aos 43 anos, vítima de uma septicemia repentina.

Fundador da Federação Académica do Porto, antigo presidente da JSD e ex-porta-voz do PSD, Vasconcelos vivia há vários anos em Londres, onde era senior director da Cisco Systems International .  

 

Nascido a 16 de maio no Porto, Diogo Vasconcelos era licenciado em direito pela Universidade Católica (Porto), foi eleito deputado à Assembleia da República pelo círculo do Porto e em 2002 fundou a UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento que presidiu até 2005.

Durante três anos, foi chairman da APDC , a Associação para o Desenvolvimento das Comunicações, tendo chegado a ser responsável pela pasta da sociedade de conhecimento e das novas tecnologias no governo sombra de Durão Barroso, antes de ele ser eleito primeiro-ministro de Portugal, em 2002.

Embora se tenha afastado da vida política activa, Vasconcelos mantinha um contacto regular com a actual liderança do PSD em Portugal.

Vasconcelos teve ainda uma breve carreira como jornalista, tendo passado pelo Público, e fundou o grupo Fórum, nos anos 90, juntamente com Rui Marques, cuja principal publicação era a Fórum Estudante. Mais tarde, lançou a revista Ideias & Negócios.  

Foi agraciado pelo Presidente da República Jorge Sampaio com a Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pelo trabalho desenvolvido em prol da Sociedade do Conhecimento e da promoção do empreendedorismo.

A sua morte surpreendeu familiares e amigos. Depois de ter sido hospitalizado no domingo, devido a um enfarte, o seu estado de saúde deteriorou-se rapidamente e já não conseguiu recuperar de uma infecção generalizada no organismo.

Comentários 20 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Morreu Diogo Vasconcelos
Se a morte de Maria José Nogueira Pinto me chocou ainda ontem, esta nem sei o que dizer. Não o conhecendo pessoalmente tenho família chegada que o conhecia. Fiquei sem jeito. Não sei o que dizer. Paz à sua alma e os meus sentidos pêsames à família enlutada.
partem os bons políticos
e bons Homens, ficam os que nos desgraçaram...
mas não é altura para falar de Mário Soares e muito menos de Sócrates.
Re: Morreu Diogo Vasconcelos
Parecia-me uma pessoa de um dinamismo muito grande, um bom exemplo do empreendedorismo a sério, real, e não o apregoado por muitos 'catedráticos' que por aí gravitam. Era capaz de lhe estar reservado um papel de grande relevo nos destinos do país num espeço de 10/15 anos, mas infelizmente foi traído pelo destino.

Que descanse em paz!
A outra notícia...
Lamenta-se profundamente a perda de uma pessoa, também ele emigrante de sucesso e reconhecido valor, ainda com um percurso de vida muito grande para fazer.

O que me chama a atenção, até porque este tipo de afecções começa a ser frequente, foi a causa da sua morte por septicemia.

Muito provavelmente foi desenvolvida a partir do ambiente hospitalar onde acontecem com inusitada frequencia tendo normalmente consequencias dramáticas dado o agente responsável ser extraordináriamente resistente, rápido e desvastador na acção. Aliás, na minha família isso sucedeu e numa semana resultou em morte, tal as complicações e ineficácia do antibiótico.

Afinal, em termos hospitalares, lá tal como cá, há ambientes pouco "limpos" que devem merecer das entidades de saúde a devida atenção.

Á família deste conterrâneo, os sentidos pesames.
Eles...
estão a morrer todos!!!
Morte pública
Morrer será sempre impressionante; morrer aos 43 anos, é um golpe para quem permaneça vivo. Não conheci em vida Diogo Vasconcelos, mas não posso deixar de me solidarizar com quem chora a sua partida, tão fora de tempo e tão inesperada. Pelo que leio, este "Jovem" fez muito em pouco tempo; confio que o que fez o deixou partir de consciência tranquila. Paz à sua alma!
Re: Morte pública Ver comentário
Re: Morte pública Ver comentário
Re: Morte Ver comentário
A minha querida mãe morreu faz hoje 3 meses.
Tinha 88 anos de idade, fartou-se de trabalhar a vida inteira, tinha apenas a 3ª Classe e era uma excelente modista. Fez tudo o que podia para criar os seus filhos e conseguiu-o. De origem humilde nunca renegou as suas origens, das quais tenho muito orgulho!!! Como o "Expresso" não publicou a notícia aqui estou eu a prestar-lhe a minha homenagem!
Re: A minha querida mãe morreu faz hoje 3 meses. Ver comentário
Vá em PAZ, DIOGO!
Conheci, como empresário brasileiro da área de TIC (Tec. da Informação e Telecomunicações) o dr. Diogo Vasconcelos. Aliado a uma capacidade técnica invejável, olhar visionário de futuro, inatingível inquietude intelectual estava ética, amor a Portugal e uma gentileza no trato pessoal ímpar. Perde Portugal e perde todos os informáticos. Tinha muito a oferecer às tecnologias, a Portugal e ao futuro. Viveu intensamente. Deixo aqui, de longe, meus sinceros pêsames à família, amigos e a PORTUGAL. Que Deus, em Sua Infinita Bondade, o acolha e o designe a cuidar dos sistemas do CÉU!
O Ciclo da Vida
O ser humano não é só a parte Física! O ser humano é composto de múltiplas partes,1- uma mais densa (o corpo);2- A mental;3-A emocional. Essas são as partes que normalmente se conhecem mas existem outras partes (+4),Mas fiquemo-nos por estas que já dão imenso desequilíbrio ao homem. Dificilmente se encontram homens/mulheres com estes três factores (Corpo, Mente, Emoção) em equilíbrio e plenamente desenvolvidos. Podemos dizer que este é o triângulo da vida pois ele vai-nos definir o que somos essencialmente, físicos, mentais, ou emocionais. Esses desequilíbrios têm origem nas escolhas que fazemos desde a mais subtil a mais complexa. A questão não é se és rico ou pobre, se és Bonito ou feio, se és um ídolo ou um zé-ninguém, se és inteligente ou não, se trabalhas muito ou pouco, a questão é qual o ponto de equilíbrio em que estás e como reages perante a sociedade aonde estamos inseridos (Com desequilíbrios imensos). Este é o jogo a que nos propusemos encontrar equilíbrio no meio do caos físico, mental e emocional.
Re: O Ciclo da Vida Ver comentário
Re: O Ciclo da Vida Ver comentário
A complexidade da vida...
Eu gostava que Portugal se modificasse num aspecto,que é o reconhecimento e o louvor à vida.

Ninguém sabe o dia de amanhã,mas todos sabemos que não somos infinitos,nem eternos.

Um país pode dar mais alegria,mais simpatia de uns para os outros,mais respeito!

Muitas vezes penso que uma música em transportes públicos,sería um começar mais alegre e verdadeiro de nós!!
Re: A complexidade da vida... Ver comentário
Re: A complexidade da vida... Ver comentário
Re: A complexidade da vida... Ver comentário
Morreu Diogo Vasconcelos
Pelo que conheço, é muito parecido com o, Miguel de Vasconcelos. Não serão familiares.
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub