5
Anterior
Conselheiros pedem "equidade" nos sacrifícios
Seguinte
Certidão de óbito da TSU assinada em Belém
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Mais austeridade  >   Momentos de tensão na vigília em Belém
VÍDEOS

Momentos de tensão na vigília em Belém

Alguns elementos da cabeça da manifestação na sexta-feira frente ao Palácio de Belém exaltaram-se ao anoitecer e provocaram desacatos. Veja os vídeos SIC.


Opinião


Multimédia

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 

Crumble. A sobremesa mais fácil do mundo

Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida, especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados
Uma tristeza de comunicação social .
Mas porque será que a comunicação social está a concentrar toda a sua atenção nos aspectos mais negativos da vigília? Será que já anda por aí mãozinha de relvas? Gostaria que os leitores observassem esse promaior. Numa vigília daquela dimensão, bem como o seu teor, só parecem dar relevância os petardos e as bombinhas de fumo. E o sentimento generalizado das pessoas, e o canto coral desse maravilhoso poema ACORDAI de José Gomes Ferreira. Tão presente hoje como na Ditadura que tivemos, uma música perfeita para a nossa actual situação, que exalta aos nossos heróis do passado e que tanta falta nos fazem nos dias que correm. ( showdebola.co/letra-e-musica-de-acordai-o-hino-da-vigilia-a-frente-do-palacio-de-be lem-video/ ) . Porque será então que a relevância vai toda para a violência, será que é para afastar o comum dos cidadãos? Há que estar atento!
Re: Uma tristeza de comunicação social .
momentos-de-tensao-na-vigilia-em-belem
Pelo que vejo nas imagens trata-se de uma dúzia de arruaceiros que são os mesmos do futebol. Aliás eles marcam presença em todas as concentrações sejam elas desportivas ou de outro género. Não gostam de futebol, nem estão ali por causa da política, mas sim para fazer desacatos. Não tenho dúvida que são conhecidos da policia. A polícia tem mostrado um civismo exemplar, mas acima de tudo não tenho dúvidas que eles preferiam estar do outro lado. Se isto continuar mais dia menos dia vão-se passar. Aconteceu na Alemanha e estou convicto que cá está prestes a acontecer. Antes disso é preciso neutralizar esses tais arruaceiros, para que não façam vandalismo e prejudiquem quem não tem culpa nenhuma. Afinal o povo unido jamais será vencido. Um exemplo concreto é que o governo foi obrigado a recuar na TSU. Na Argentina o governo foi obrigado a demitir-se. Este governo está a seguir o mesmo caminho da Argentina. Quer vender tudo aos amigos e ao desbarato.

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/eu-sou-policia-orgulhosamente.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/03/boaventura-sousa-santos-na-sic.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/07/argentina-memorias-do-saque.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/a-face-oculta-do-monte-branco-visao.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/06/bpn-fraude-sem-castigo.html

viriatoapedrada.blogspot.pt/2012/09/tsu-pode-destruir-68-mil-empregos_17.html

Títulos
Os títulos do "Expresso" online relativos à manifestação falam por si: "Vídeo: Petardos, insultos e assobios na vigília em Belém"; "Aumenta a tensão na vigília em Belém"; "Momentos de tensão na vigília em Belém". Eu estive lá e vi milhares de pessoas, certamente com proveniências diversas, tal como no 15 de Setembro, manifestando-se pacificamente, cantando, gritando palavras de ordem, muitas acompanhadas por crianças. A "tensão" estava lá à frente, junto ao cordão policial e pretender salientá-la , como se fosse um dos aspectos pricipais da manifestação, é no mínimo mau jornalismo. O "Expresso" pretende ser um jornal de referência e não se pode comportar como um pasquim ao seriço do governo e de quem está por trás dele. Pelo menos, não foi com esse objectivo que o jornal foi criado em 1973.
VAMO-NOS A ELES :
Amigos, o que se esta a passar no nosso País, já não vai com palmadinhas nas costas.
Para acabar-mos com estes CORRUPTOS, LADRÕES, INCOMPETENTES, FALHADOS e outras coisas mais.
TEMOS QUE FAZER COMO O POVO FEZ NA ISLÂNDIA, NINGUÉM DIVULGOU NEM MIDIAS NEM NINGUÉM PORQUE É TUDO FARINHA DO MESMO SACO, MAS VÃO AO

      Aconteceu na Islândia-youtube

E DIVULGUEM VAMOS ACABAR COM ESTES CÁ TAMBÉM.
Comentários 5 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub