Anterior
O que diz a nova proposta para as prestações sociais
Seguinte
Rússia considera perigosa posição dos "Amigos da Síria"
Página Inicial   >  Atualidade / Arquivo   >   Modelo árabe recebe duras críticas por fotos em biquíni

Modelo árabe recebe duras críticas por fotos em biquíni

Huda Nakash foi a primeira modelo árabe a posar em biquíni para uma revista feminina. A modelo recebeu milhares de mensagens de todo o mundo e muitas críticas. A palavra "vergonha" foi repetida por várias mulheres conservadoras.
|

Huda Nakash, de 22 anos, agitou o mundo muçulmano ao ser a primeira manequim árabe a posar em biquíni para uma revista feminina. Foi em dezembro de 2011, agora balança entre mensagens de apoio e fortes críticas.

"Miss Huda faz tremer a terra" pode ler-se na capa da revista árabe, com sede em Nazaré. Nunca antes uma publicação árabe para um público muçulmano tinha arriscado tanto numa edição. Ao difundir algumas fotografias de uma modelo em biquíni, a revista feminina conseguiu romper um tabu. Por sua vez, Huda Nakash, a modelo em fato de banho, ousou fazer o impensável para quebrar preconceitos e regras da religião.

Por muitos, a atitude e coragem da modelo árabe foi aplaudida. Mas, como já seria de esperar, as mulheres mais conservadores não deixaram de tecer críticas a Huda. Repetiram várias vezes a palavra "vergonha" para descrever a forma como a modelo se expôs na capa da revista. 

A estudante de arqueologia da Universidade de Haifa, em Israel, diz acreditar que todos aqueles que a criticam pertencem à pré-história. "Eu não lhes dou muita atenção, mas é claro que chegam críticas", afirmou Huda Nakash à SIC. "Eu, que estudo arqueologia, sei que são pessoas mais atrasadas e menos cultas."

Novo desafio: Campanha em lingerie


Como se não bastasse a pose em biquíni, Huda Nakash está prestes a criar novas - e muitas - reações. A modelo está agora a participar numa campanha de lingerie dirigida ao mundo árabe. 

A diretora da empresa responsável pela campanha, Jenny Cuba, diz que Huda é muito corajosa e que no mundo da moda não existem fronteiras, apenas se fala uma língua que é a da beleza.

"Sabemos que Huda é uma pioneira. Nunca houve uma modelo árabe que estivesse disposta a fazer uma campanha de roupa interior", adiantou Jenny Cuba. "Espero que ela não se deixe intimidar pela luta dos sectores árabes radicais."

Intimidada ou não, Huda Nakash é já o símbolo da nova mulher árabe forte e que não sente vergonha em mostrar o corpo. E há quem a veja como uma das protagonistas da verdadeira revolução no mundo árabe.


Opinião


Multimédia

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola, em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

United Colors of Gnocchi

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

Strogonoff de peixe espada preto

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Caril de banana

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Cantaril com risotto de espargos

Faz agora cinco anos que o Chefe Tiger, especialista em pratos de confeção acessível e com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, começou esta aventura gastronómica. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.


Comentários 36 Comentar
ordenar por:
mais votados
E porque não toda nua?...
Re: E porque não toda nua?...
Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
Re: Tente disfarçar...
ÁRABES
Quando é que começam a ser gente? Porque não protestam contra os bares secretos que existem nos hoteis.
Re: ÁRABES
Re: ÁRABES
"Se o olho peca, arranca-o...", eles mandam tapar
A mente conspurcada e nojenta de muitos muçulmanos 'puros', vê pecado em todo o cm2 da pele da mulher.

Nem consigo imaginar as fantasias sexuais que esses 'puros' têm na mente, quando olham para uma mulher com o cabelo ao vento ou com um pedaço de perna ao 'leu'.

Quanto mais fanático, mais pecador é o seu coração e cérebro.

A Igreja Católica também tem algumas espécies semelhantes...
Tinha que meter os católicos ao barulho.
Re: Tinha que meter os católicos ao barulho.
Eu punha-lhe era uma Burka....e era só para mim..
São os estúpidos de sempre...
No Expresso escreve uma Sra. paquistanesa que periodicamente conta nos umas história lindas sobre o islamismo. Por vezes quer fazer nos acreditar que nos e que somos intolerantes, pouco pluralistas e nada dados as liberdades. Tudo o que ele tem escrito e patético. Que alguém a convide agora para se pronunciar sobre mais esta pura manifestação d estupidez islâmica. Ja só falta algum sheik, mulah, ou aiatola declarar uma fatwa contra esta menina.Hoje a civilização e só uma e os seus valores são universais e o resto e conversa
Pois
Mas como diriam os idiotas e incoerentes de esquerda, temos que respeitar as culturas dos outros. E tratar a mulher abaixo de cão é cultura dessa raça, portanto há que respeitar...

Esta é a lógica de esquerda.

A minha lógica é a de que esse povo devia ser todo fechado num recinto (os seus países) e não poder sair de lá.
Uma mulher nua, tal como um homem,
pode ser encarado como uma obra de arte. Mas, não é como vulgarmente nós, ocidentais, vemos o corpo desvestido. No Japão e principalmente em Tóquio, os banheiros são únicos para homens e mulheres, sendo o primeiro recinto para os homens e, o outro, geralmente após percorrer o primeiro, o das mulheres. As mulheres só olharão, se quiserem. Mas, por causa disso, não há nenhum problema. Nos trens, sempre apinhados de gente, as mulheres moças, de mini saia (bem curtinha), sentadas e com um visual à mostra, não vi ninguém dentre os japoneses olhando-as. Só olham os ocidentais, não acostumados com esse tipo de comportamento. Nos banhos públicos, homens e mulheres, além de crianças, estão todos sem roupa e não há qualquer problema. Portanto, para mim, o que vemos no Ocidente não é a visão de nu artístico. O que vemos e comentamos, em poucas palavras, beira ao sentimento pornográfico, que não é bom. Uma mulher exposta dessa maneira, com certeza, perde o fio do respeito. Pode estar nua, mas não deve alimentar o ego traiçoeiro da maledicência, como muitas jovens. Em muitas dessas não se vê diferença entre a decência, com ou sem roupa, e a triste nota da prostituição de valores morais de boa cepa para qualquer cidadão consciente, homem livre. Antes que seja apedrejado, não sou ortodoxo, por sinal tenho a pecha de ser muito liberal. Só não confundo as coisas. Rio Grande
Sou homem e com muito gosto!
Que beleza tem esta mulher. Realmente nua deve ser lindíssima!
Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Re: Já desconfio que não...
Muito bem Huda
Para além de bonita e não ficar atrás das ocidentais, tem a atitude correcta e respectiva inteligência.

É a tua vida o resto que se lixe.

Basta um espírito livre para começar uma revolução.
nada de especial
"Se eu não vou lá, vai o meu vizinho."
Coro Santo Amaro de Oeiras na ONU...
A ONU está a organizar a nível global e nacional um concurso de música juvenil onde participa Portugal através do Coro infantil Santo Amaro de Oeiras.

    Ajude nos a ganhar..votem!

No nacional
http://videos.sapo.pt/0Ih...

No Global
http://www.global-rocksta...

A Huda Nakash já votou!
Apoio totalmente
Fico muito contente por ver algumas raparigas árabes a despirem-se de preconceitos. As revoluções têm que começar sempre pelos mais corajosos e esta modelo merece figurar entre os que estão a tentar abrir caminho para um mundo árabe com menos preconceitos e mais livre.

Quanto às questões culturais, se há alguém que não goste por ser muçulmano, cristão, judeu ou ateu conservador, só tem que comprar outras revistas e ver outros canais de televisão. E já agora, se o vosso Deus não gostasse da beleza humana não nos teria criado assim.

António

http://oreivaivestido.blo...
Re: Apoio totalmente
exactamente
está na hora de as mulheres árabes, algumas lindíssimas, tomarem nas suas mãos o SEU DESTINO; de não estarem agrilhoadas aos homens e a toda uma série de preconceitos descabidos e patéticos.

sejam MULHERES e construam com as vossas mãos novos destinos; com sorte, este pequeno grão transformará o percurso de muitas! parabéns à modelo Huda que é uma verdadeira senhora!
O pior problema
que existe nos países árabes é a religião, que não os deixa evoluir.
Não nos podemos esquecer que acontece o mesmo com a IC, que distorceu toda a mensagem de Cristo, em benefício próprio, só que o mundo não para.
Sorte em não ser professora
Ao que consta em certos países fanáticamente religiosos o facto de se ser professora piora exponencialmente a situação!
Comentários 36 Comentar

Últimas


Pub