5
Anterior
Mineiros chilenos devem sair até ao final do mês
Seguinte
Poço de salvamento chega a mineiros chilenos
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Mineiros soterrados  >   Mineiros chilenos resgatados na próxima semana

Mineiros chilenos resgatados na próxima semana

Resgate dos 33 mineiros chilenos, soterrados desde 5 de agosto, está para muito breve. Todos os cuidados estão a ser tomados para que a operação decorra sem problemas na mina de San José.
|
A escavadora T-130 é a responsável pela esperança que as famílias têm em ver os mineiros resgatados já na próxima semana
A escavadora T-130 é a responsável pela esperança que as famílias têm em ver os mineiros resgatados já na próxima semana / Aliosha Marquez/AP Photo
As câmaras de estações televisivas de todo o mundo demonstram a enorme cobertura mediática dada ao resgate dos mineiros chilenos
As câmaras de estações televisivas de todo o mundo demonstram a enorme cobertura mediática dada ao resgate dos mineiros chilenos / Luis Hidalgo/Reuters

As equipas de resgate têm feito um rápido progresso e poderão chegar já na próxima semana aos 33 mineiros chilenos soterrados desde 5 de agosto.

A escavadora T-130, denominada de "Plano B", é uma das três máquinas envolvidas nos trabalhos e em 16 horas escavou mais de 50 metros, estando agora a apenas 100 do local onde os mineiros estão presos.

Estas notícias foram vistas com grandes expectativas pelas famílias dos mineiros, que têm assim um prazo mais definido para o resgate.

Trabalhos delicados


Contudo, as escavações entram agora numa fase delicada. As operações estão paradas desde a meia-noite e irão retomar a uma velocidade lenta, já que a escavadora vai estar a apenas um metro de distância para um corredor à parte da mina de San José.

Os mineiros, que estão soterrados há mais de dois meses, serão removidos um a um, através de um habitáculo desenhado para este propósito, com um diâmetro de pouco mais de meio metro.

Óculos especiais para evitar danos na vista


Por forma a evitar danos oculares que poderão ser provocados pela exposição ao sol após dois meses na escuridão, cada mineiro receberá uns óculos especiais de proteção.

"O benefício (dos óculos) é que eles filtram a luz do sol. Não causam nenhum tipo de problema", contou ontem Alejandro Pino, gerente regional da Associação Chilena de Segurança (ACHS).

Os óculos "permitem a adaptação gradual do olho à luminosidade, depois de um longo tempo na penumbra ou com pouca luz", disse ainda Pino que acrescentou que os óuclos "protegem contra todos os raios ultravioleta, contra todos os graus de luzas que há e contra luzes muito fortes".

Estes óculos especiais foram doados por uma empresa americana e estão avaliados no mercado em 450 dólares a unidade (cerca de 320€).

A ACHS é uma entidade privada encarregada de administrar o Seguro Social contra Riscos de Acidentes de Trabalho no Chile.

Quando os 33 homens chegarem à superfície, o que se espera possa acontecer já na próxima semana, serão atendidos num hospital de campanha, instalado nas imediações da mina. De seguida podem reunir-se com os familiares e, posteriormente, serão levados para o hospital da região vizinha Copiapó.


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 5 Comentar
ordenar por:
mais votados
Se existe Deus
que os abencoe
Já foram "abençoados"
Re: Já foram
Este tuga
Re: Este tuga
Comentários 5 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub