41
Anterior
CP com menos seis milhões de passageiros
Seguinte
"Não resolvemos os nossos traumas de infância"
Página Inicial   >  Economia  >   Minas valem 340 mil milhões de euros

Minas valem 340 mil milhões de euros

O ministro da Economia fez as contas e concluiu que o setor mineiro é estratégico para o país. Vale duas vezes o PIB nacional e vai gerar centenas de empregos. Só a Somincor vai investir 700 milhões.
|

Opinião


Multimédia

Lombinho de porco com broa e batata a murro

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Desaparecidos para sempre no Mar do Norte

O dia 15 de novembro já foi feriado, há 90 anos. A razão foi o desaparecimento de Sacadura Cabral algures no Mar do Norte. Depois de fazer mais de oito mil quilómetros de Lisboa ao Rio de Janeiro, o aviador pioneiro não conseguiu completar o voo entre a cidade holandesa de Amesterdão e a capital portuguesa. Ainda hoje, não se sabe o que aconteceu ao companheiro de Gago Coutinho e tio-avô de Paulo Portas, a quem o Expresso pediu um sms.

Os muros do mundo

Novembro relembrou-nos os muros que caem, mas também os que permanecem e os que se expandem. Berlim aproximou-se de si própria há 25 anos, mas há muros que continuam a desaproximar. Esta é a história de sete deles - diferentes, imprevisíveis, estranhos.

Tudo o que precisa de saber sobre o ébola. Em dois minutos

Porque é que este está a ser o pior surto da história? Como é que os primeiros sintomas se confundem com os de outras doenças? É possível viajar depois de ter contraído o vírus, sem transmitir a doença? E estamos ou não perto de ter uma vacina? O Expresso procurou as respostas a estas e outras dúvidas sobre o ébola.

A última viagem do navio indesejado

Construído nos Estaleiros de Viana e pensado para fazer a ligação entre ilhas nos Açores, o Atlântida foi recusado pelo Governo Regional por alegadamente não atingir a velocidade pretendida. Contando com os custos associados à dissolução do contrato, o prejuízo ascendeu a 70 milhões de euros. Foi agora comprado a "preço de saldo", para mudar de nome e ser reconvertido num cruzeiro na Amazónia. Fizemos a última viagem do Atlântida e vamos mostrar-lhe os segredos do navio.

O papa-medalhas que veio do espaço

O atleta português mais medalhado de sempre, Francisco Vicente, regressou dos campeonatos europeus de veteranos, na Turquia, com novas lembranças ao pescoço. Três de ouro e duas de prata para juntar à coleção. Tem 81 medalhas, uma por cada ano de vida.

Terror religioso está a aumentar

Relatório sobre a Liberdade Religiosa é divulgado esta terça-feira em todo o mundo. Dos 196 países analisados, só em 80 não há indícios de perseguições motivadas pela fé.

Vai pagar mais ou menos IRS? Veja as simulações

Reforma do imposto protege quem tem dependentes a cargo, mas pode penalizar os restantes contribuintes. Função pública e pensionistas vão ter mais dinheiro disponível. Veja simulações para vários casos.

Tem três minutinhos? Vamos explicar-lhe o que muda no orçamento de 350 mil portugueses (e no de muitas empresas)

O novo salário mínimo entrou em vigor. São mais €20 brutos para cerca de 350 mil portugueses (números do Ministério da Segurança Social, porque os sindicatos falam em 500 mil trabalhadores). Mudou o valor, mas também os descontos que as empresas fazem para a Segurança Social. Porque se trata de uma medida que afeta a vida de muitos portugueses, queremos explicar o que se perde e o que se ganha, o que se altera e o que se mantém.

Music fighter: temos Marco Paulo e Bruno Nogueira numa batalha épica

Está preparado para um dos encontros mais improváveis na história da música portuguesa? O humorista Bruno Nogueira e a cantora Manuela Azevedo, dos Clã, pegaram em várias músicas consideradas "pimba" - daquelas que ninguém admite ouvir mas que, no fundo, todos vão dançar assim que começam a tocar - e deram-lhe novos arranjos, num projeto que chegou aos coliseus de Lisboa e do Porto.  "Ninguém, ninguém", de Marco Paulo, tem possivelmente a introdução mais acelerada e frenética do panorama musical português. Mas, no frente-a-frente, quem é o mais rápido? Vai um tira-teimas à antiga?

Dez verdades assustadoras sobre filmes de terror

Este vídeo é como o monstro de "Frankenstein": ganhou vida graças à colagem de partes de alguns dos filmes mais aterrorizantes de sempre. Com uma ratazana mutante e os organizadores do festival de cinema de terror MotelX pelo meio. O Expresso foi à procura das razões que explicam o fascínio pelo terror, com muito sangue (feito de corante alimentar) à mistura. 

A paixão do vinil

Se para muitos o vinil é apenas uma moda que faz parte da cultura do revivalismo vintage, para outros ver o disco girar nunca deixou de ser algo habitual.

Portugal foi herdado, comprado ou conquistado?

Era agosto em Lisboa e, às portas de Alcântara, milhares de homens lutavam por dois reis, participando numa batalha decisiva para os espanhóis e ainda hoje maldita. Aconteceu em agosto de 1580. Mais de 400 anos depois, o Expresso deu-lhe vida, fazendo uma reconstituição do confronto através do recorte e animação digital de uma gravura anónima da época.

O Maradona dos bancos centrais

Dizer que Mario Draghi está a ser uma espécie de Maradona dos bancos centrais pode parecer estranho. Mas não é exagerado. Os jornalistas João Silvestre e Jorge Nascimento Rodrigues explicaram porquê num conjunto de artigos publicado no Expresso em Novembro de 2013 e que venceu em junho deste ano o prémio de jornalismo económico do Santander e da Universidade Nova. O trabalho observa ainda o desempenho de Ben Bernanke no combate à crise, revisita a situação em Portugal e arrisca um ranking dos 25 principais governadores de bancos centrais. Republicamos os artigos num formato especial desenvolvido para a web.

Com Deus na alma e o diabo no corpo

Quem os vê de fora pode pensar que estão possuídos. Eles preferem sublinhar o lado espiritual e terapêutico desta dança - chamam-lhe "krump" e nasceu nos bairros pobres dos Estados Unidos. De Los Angeles para Chelas, em Lisboa, já ajudou a tirar jovens do crime. Ligue o som bem alto e entre com o Expresso no bairro. E faça o teste: veja se consegue ficar quieto.

O Cabo da Roca depois da tragédia que matou casal polaco

Os turistas portugueses e estrangeiros que visitam o Cabo da Roca, em Sintra, continuam a desafiar a vida nas falésias, mesmo depois da tragédia que resultou na morte de um casal polaco, cujos filhos menores estavam também no local. Durante a visita do Expresso, um segurança tentou alertar os turistas para o perigo e refere a morte do casal polaco. O apelo não teve grande efeito. Veja as imagens.

Ó Capitão! meu Capitão! ergue-te e ouve os sinos

Ele foi a nossa ama... desajeitada. Ele foi o professor que nos inspirou no liceu. Ele trouxe alegria, mesmo nas alturas mais difíceis. Ele indicou-nos o caminho na faculdade. Ele ensinou-nos a manter a postura, mas também a quebrar preconceitos. Ele ensinou-nos que a vida é para ser aproveitada a cada instante. Ó capitão, meu capitão, crescemos contigo e vamos ter de envelhecer sem ti. 


Comentários 41 Comentar
ordenar por:
mais votados
Aonde pára a inteligência?
Valem 340.mil milhões para quem?
Se desde tempos imemoriais se trabalha o bronze o ferro e o cobre o que é que nos falta para fazer-mos nós portugueses a exploração dos nossos recursos e tirar daí a mais valia sem necessidade de intervenção de estrangeiros.
Ou será que esses pagam luvas que as empresas portuguesas não podem pagar?
De facto é um sector estratégico para a nossa debilitada economia mas se dar-mos a explorá-las aos estrangeiros continua a sê-lo?
Ou ficámos-nos pela aplicação da mão de obra na sua extracção?.Porque não chegar ao produto final e exportá-lo com a consequente mais valia?
Já não temos altos fornos' Torna-se a instalá-los mas agora que seja no interior do país para acabar com a sangria da desertificação.Ah mas isso não vai de encontro aos desejos dos ingleses e alemães,porque sai mais baratinho importar a matéria prima antes de tratada.Pois é com políticos destes não vamos a lado nenhum.
Re: Aonde pára a inteligência?
Re: Aonde pára a inteligência?
Re: Aonde pára a inteligência?
Re: Aonde pára a inteligência?
Re: Aonde pára a inteligência?
Re: Aonde pára a inteligência?
Ver para querer
Quando vejo alguém mandar números para o ar de forma inconsistente, estilo "vamos criar 100.000 postos de trabalho", desconfio logo da conversa.
Pergunto eu:
Com esse potencial todo, porra, são quase 3,5 centenas de milhar de milhão de €!!
Andou este país a fechar minas e mais minas, indústrias associadas a elas, nos últimos vinte e tal anos, de Trás os Montes ao Alentejo, porque razão?
Não havia tecnologia que nos proporcionasse uma extracção a profundidades mais elevadas, com niveis de segurança adequados?
Então, e a estrangeirada que por cá andava, vendo tão precioso filão, foi-se embora porquê? Não gostava do pó!?
A ser verdade tão prometedora notícia, espero que ela sirva para estancar a hemorragia demográfica que o interior está a sofrer, vai para mais de 30 anos.
Mas eu nestas coisas que metem muitos números, sou como o Santo que quis pôr o dedo na chaga de Cristo.
Ver para querer!

 
São Tomé
Re: São Tomé
Pantomina governamental

Sempre que possível tento não malhar demasiado nos nossos ministros.
Estamos neste momento na situação surrealista de cumprir um programa incumprível e, pior ainda, num nível de alienação tal que tanto cá dentro (governo) como lá fora (troika) a mensagem que passa é que este é o caminho certo e infalível para a salvação.

Mas essa nem é a parte pior; podíamos ao menos, perante o colapso generalizado da zona euro, aproveitar para dar uma no cravo e uma na ferradura. Quero dizer aproveitar a intervenção para as reformas que seriam impossíveis noutras circunstâncias e empatar tempo nas partes patetas do memorando.

O problema é que, nesta anestesia geral, ainda há muita gente convencida que temos as pessoas certas para liderar a mudança.
Não sei quanto tempo mais precisaremos para entender que Passos Coelho, Relvas, Gaspar e Álvaro (só para ficarmos pelos mais importantes) são nulidades em termos de competência para os cargos que exercem e, como bónus, inconcebivelmente patéticos.
 
Fado Tuga
27 comentários (até agora). Todos a deitar abaixo. Nem um único que diga: oxalá seja verdade! Como é que querem que evoluamos, com esta mentalidade que, pelos vistos, está enraízada?
Impossível!
  Aparentemente, não deve ser só pelo dinheiro que os nossos jovens de elevado potencial decidem emigrar. É também para fugir desta mentalidade tacanha e tipicamente tuga (que existirá também ao nível profissional e académico...).
Re: Fado Tuga
Re: Fado Tuga
PORTUGAL IMPOTENTE!!!
E QUANDO SE ACABAREM VALEM O QUÊ???

HÁ DINHEIRO PARA INJECTAR EM BANCOS FALIDOS, E NÃO HÁ DINHEIRO PARA SER O PRÓPRIO ESTADO A CRIAR UMA EMPRESA 100% ESTATAL, CONTRATANDO TÉCNICOS ESTRANGEIROS SE FOR PRECISO, E EXPLORAR CONTROLADAMENTE E VENDER ELE PRÓPRIO O MINÉRIO PARA QUE O LUCRO FIQUE TODO CÁ???

ISTO É ALTA TRAIÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Re: Disparate!
Re: Disparate!
Re: PORTUGAL IMPOTENTE!!!
Re: PORTUGAL IMPOTENTE!!!
Re: PORTUGAL IMPOTENTE!!!
Esta faz-me lembrar...
...o Guterres e o célebre episódio das contas do PIB. Coitado!
Se...
Este lírico, porque é lírico, leva o tempo todo a fazer afirmações, sobre os sonhos que tem de noite. Mas alguém já viu algum contrato assinado? Pois ele faz lembrar o D. Quixote, que tinha alucinações e passava a vida a combater os fantasmas. Coitado do homem! Este é um governo mesmo ao jeito da mentalidade portuguesa.
Nesses 340 mil milhões de euros já descontaram...
....os mil milhões das minas de Moncorvo e posterior desistência da Rio Tinto?
economico.sapo.pt/noticias/rio-tinto-quer-investir-mil-milhoes-nas-minas-de-moncorv o_129621.html
expresso.sapo.pt/minas-rio-tinto-recua-nas-minas-de-ferro-de-moncorvo-e-desiste-do- projeto=f738725
PS. Comprem uma calculadora das de 2€ aos chineses, mas que funcione... ;)
Re: Nesses 340 mil milhões de euros já descontaram
Os pasteis de nata extraem-se das minas? ;)
Re: Minas valem 340 mil milhões de euros

Convido-vos para visitardes a secção "Fotos", que se encontra acima do início, dentro de Canais e Mapas. Eu optei pela n. 5, que fui colocar como wallpaper do desktop do meu computador.
Para mim foi uma descoberta surpreendente porque nunca fora lá.

Há fotos maravilhosas, realmente maravilhosas.

Anthos

VALE ISSO TUDO PARA QUEM?????
valem, sem dúvida muito dinheiro as nossas minas, mas, alugam-se a empresas estrangeiras, eles empregam alguns portugueses que anos mais tarde morrerão de problemas respiratórios e outros. O minério será vendido por essa mesmas empresas para paises que o possam tratar siderurgicamente (a nossa siderurgia MORREU) E RENDERÁ MILHÕES E MILHÕES DE EUROS, ISSO NÃO DEIXA DÚVIDAS. Mas, o nosso sector mineiro, a PORTUGAL RENDERÁ QUANTO?????? Pouquinho, porque pelo meio os negócios feitos, deixarão MAL O ESTADO PORTUGUÊS, como deixou nas PPP.
Se nos descuidarmos, até os aluimentos de terras nalgum túnel explorado por uma qualquer empresa estrangeira será imputado ao Estado Português e seremos nós (os zés pagantes) a pagar a factura de tamanho prejuizo. Não é assim nas auto-estradas? O Estado não paga pelos carros que lá deveriam passar e não passam????
O meu receio é que as concessões destas minas sejam como a do terminal de contentores em Alcântara, e tantas outras. Lucros para os concessionários, riscos para o país pagar.
O Ouro dos Tolos
E quantas empresas estrangeiras andam a fazer capitalização bolsista com a "riqueza" dos recursos minerais de Portugal, encontrados e avaliados pelas próprias?
Se há tanto mineral para explorar, por que diabo é que não aparece nem um quilo dele?!
As empresas chegam, prospectam, encontram filões fabulosos e depois desaparecem. Estranho...
Teores descomunais de ouro aqui e ali... falamos daqui a uns meses.
Onde esta o responsavel...?
Onde estao os reponsaveis...?!
...Bem quando se fala de minas....
Entao eh assim, ja enviei uma serie de email`s privados a MTI relativamente a informacao das minas de Moncorvo, tendo em mao um portfolio de investidores Europeus repito Europeus, para Iron ore, bauxite, copper ores , zinc, silver & Au Etc...
E de repente o mais curioso, eh que nao sei qual Cagado, traz tal informacao penso eu, ter sido envianda, pois como empresa, de direito internacional sinto-me envergonhado face aos meus investidores, internacinais.
Sera que alguem aqui neste forum pode ajudar...? ou tenho que ter um "nojitico....." I mean Politico do meu lado.
Por favor.... comente no flevica(at)gmail.com
aguardo os patriotas do forum....
Cumps,
bleupartner
Minas valem 340 mil milhões de euros
Valem esse dinheiro todo?Eh pá vendam esssa merda, nem que seja aos espanhóis!Espera aí.Aos espanhós não porque também estão tesos!Talvez aos chineses!Se calhar também não é boa ideia, porque já compraram a EDP, e não devemos entregar tudo ao mesmo.Ah já sei, à filha do Jose Eduardo Santos, e ela mandava para cá pretinhos trabalharem nas minas, porque não?Alto lá, acho melhor não, porque pretinhos ao alto sem fazer nenhum, temos nós com fartura!Acho que não devemos vender aos Russos, porque são mafiosos.Aos ciganos também não, porque arriscamos a ser vigarizados!
Se calhar a melhor ideia é entregarmos aquilo aos Alentejanos!Não sei, talvez..............................!
Comentários 41 Comentar

Últimas


Pub