7
Anterior
Espanha recusa usar excedente da ajuda à banca para resgate
Seguinte
Ouro vale 9% do crescimento das exportações
Página Inicial   >  Economia  >   Merkel garante que os europeus estão unidos

Merkel garante que os europeus estão unidos

A chanceler alemã afirmou que "por mais que sejam os desafios atuais, os europeus estão unidos" e deu como exemplo o legado do ex-presidente francês Charle De Gaulle.
"Tudo o que foi possível até agora, tem a ver com o processo de integração que se iniciou com os tratados de Roma", disse Merkel
"Tudo o que foi possível até agora, tem a ver com o processo de integração que se iniciou com os tratados de Roma", disse Merkel / EPA/Murijan Murat

A chanceler alemã, Angela Merkel, evocou hoje o legado do ex-presidente francês Charle De Gaulle perante os desafios que tem atualmente a Europa e recordou os progressos de integração conseguidos desde o fim da II Guerra Mundial.


Angela Merkel falava no ato comemorativo do cinquentenário da amizade franco-alemã em Ludwigsburg (sudoeste de Alemanha), o lugar onde De Gaulle pronunciou em setembro de 1962 um discurso em que assegurou que o futuro da Europa estava nas mãos da juventude francesa e alemã.


"Quando De Gaulle fez o seu discurso, eu tinha 8 anos, vivia em Brandeburgo, na antiga RDA, o muro de Berlim tinha um ano e a divisão das duas Alemanhas parecia cimentada", disse Merkel.


"Nessa altura, a ideia de eu estar a falar aqui algum dia como chanceler de uma Alemanha unida era uma utopia irrealizável", acrescentou.


Angela Merkel adiantou que "tudo o que foi possível até agora, tem a ver com o processo de integração que se iniciou com os tratados de Roma", advertindo que "por mais que sejam os desafios atuais, os europeus estão unidos".


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 7 Comentar
ordenar por:
mais votados
Que europeus??... Que união?...Só demagogia.
Será a opinião pública não anestesiada já se apercebeu que na zona euro da União Europeia está a haver uma guerra económica entre o Norte e o Sul da UE com a liderança ostensiva da Alemanha,que controla o"independente"BCE e tem a conivência por conveniência financeira oportunista da França,uma guerra com consequências mais devastadoras para as populações do sul do que as guerras tradicionais que.hoje,são mais limpas porque tecnológicas-cibernéticas??...

A Alemanha e a França estão fortemente sobre-endividadas mas vendem dívida pública a juros negativos nos mercados(controlados por quem?...)e cerca de 60% do comércio externo da Alemanha é com a zona euro(pelo que se o euro implodir esta será a mais penalizada porque é a que está a lucrar muito mais com o"laisser faire,laisser passer"da UE que beneficia os mais fortes e/ou mais situacionistas da zona euro)enquanto que os países do Sul têm de pagar juros desproporcionados e irrealistas pela venda de dívida pública,o que os faz ficar cada vez mais endividados e asfixiados económica e socialmente e fá-los precisar da pseudo-ajuda da Alemanha que empresta lucrativamente porque se financia e se recapitaliza a juros negativos nos mercados.A França está a ser uma excepção por uma questão de conveniência tática da Alemanha(até quando?...).
 
Talvez,como antes da 2ª guerra mundial,os países agredidos e esmagados pela Alemanha venham a se tornar de novo"aliados"e a pedirem ajuda efectiva e actuante internacional só ao FMI e aos USA.
Tá enganada a Frau Hitler Merkel...
A Hitler Merkel está enganada. Os Europeus, ainda, não estão unidos...mas lá chegarão. Quando se aperceberem que estão sob a pata da Alemanha...e que esta UE só interessa aos alemães. Gente boa. Os maus são sempre os outros e vai daí...campos de extremínio. É HISTÒRICO!
Sim, é claro!
Nada de novo no "front" ... Rio Grande
Unidos
Na sua maioria unidos contra a Alemanha, o que já é um bom augúrio.
Merkel garante que os europeus estão unidos!
ALDRABONA! Europeus unidos não emprestavam dinheiro ao juro que os estão a fazer aos países do sul! Os países mais ricos não passam de uns egoistas, e hipócritas!
Todos os países passram por bancarrotas e penso eu que todos pagaram as dividas! Estes juros altissimos foram de gente com moral muito baixo, pois não penalizaram os governantes mas o povo que não tem culpa nenhuma!
VAMO-NOS A ELES :
Amigos, o que se esta a passar no nosso País, já não vai com palmadinhas nas costas.
Para acabar-mos com estes CORRUPTOS, LADRÕES, INCOMPETENTES, FALHADOS e outras coisas mais.
TEMOS QUE FAZER COMO O POVO FEZ NA ISLÂNDIA, NINGUÉM DIVULGOU NEM MIDIAS NEM NINGUÉM PORQUE É TUDO FARINHA DO MESMO SACO, MAS VÃO AO

      Aconteceu na Islândia-youtube

E DIVULGUEM VAMOS ACABAR COM ESTES CÁ TAMBÉM.
Ciontra ela!
Os europeus estão unidos contra Angela Merkel!
Comentários 7 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub