24 de abril de 2014 às 19:45
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Desporto  ⁄  Jogos Olímpicos 2012  ⁄  Medalhados deviam ter livro de instruções

Medalhados deviam ter livro de instruções

Judoca brasileiro Felipe Kitadai partiu o gancho que segurava a medalha de bronze no chuveiro. Pediu outra ao Comité Olímpico Internacional, que pondera aceder à súplica do azarado (desastrado?)
Pedro Candeias (www.expresso.pt)
"Quis andar com ela para todo o lado, sempre pendurada ao pescoço", disse Felipe Kitadai Getty "Quis andar com ela para todo o lado, sempre pendurada ao pescoço", disse Felipe Kitadai

Apresentamos Felipe Kitadai, judoca brasileiro que ganhou a medalha de bronze nos-60kg no último sábado. Kitadai festejou a preceito, de forma exuberante e, depois, na cerimónia de entrega de medalhas, agarrou-se à sua como qualquer outro atleta. E não mais a largou.

Clique para aceder ao índice do Dossiê Jogos Olímpicos 2012

"Quis andar com ela para todo o lado, sempre pendurada ao pescoço", disse Felipe Kitadai. O paulista apegou-se de tal forma à medalha que decidiu tomar banho com ela. "Com medo de molhá-la, coloquei na boca enquanto me ensaboava. Ela acabou escorregando. Mas já estão resolvendo issso. Pois.

Felipe Kitadai fez então um pedido ao Comité Olímpico Brasileiro (COB) que por sua vez o repetiu ao Comité Olímpico Internacional (COI): uma nova medalha de bronze. O COB está à espera da resposta.

Comentários 2 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Re: Medalhados deviam ter livro de instruções
Eh , eh , igual aquele jogador do Real Madrid , que deixou caír a taça para ser atropelada pelo autocarro.

É muito mais comum estas facetas a caír um pouco para o ridiculo do que o que se pensa e em pessoas que conseguem grandes feitos , tratando-se de campeões ou mesmo génios.

Por exemplo o Schrödinger , aquele fisíco por detrás da fisíca quantica , não o podiam deixar conduzir até o chegaram a proíbir na localidade onde vivia na Austria , porque cada vez que conduzia se espetava , não podia olhar para o lado que o carro tambem olhava para o mesmo lado.
livro de instrução
Inveja... nossa velha amiga.se o atleta fosse nosso se calhar tinhas um discurso diferente..
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub